Fazer a leitura de um texto ou livro nos traz grandes ensinamentos, porém muitos deles acabamos esquecendo por que temos a tendência de correr de um livro de outro e desse jeito aproveitando pouco do prazer da leitura, além de raramente colocar o que foi aprendido em prática.

É muito comum já termos tido a oportunidade de ler um livro ou texto, mas não lembramos do conteúdo, o que acontece é que raramente voltamos para revisar e relembrar do que lemos.

Digo isso por experiência própria, depois de ler uma dúzia de livros e passado algum tempo não lembrar mais de boa parte do conteúdo, decidir que precisava fazer algo a respeito.

A primeira atitude que tomei foi começar a ler os livros e textos apreciando o texto que escolhi, não só com o pensamento “preciso terminar esse para passar pro próximo”.

Ao ler mais devagar consigo, parar para refletir se o conteúdo faz sentido e se possível já colocar em prática.

Resumir para Lembrar

Estudando e resumindo

Comecei a entender que apenas a leitura não era suficiente para uma boa fixação, então desenvolvi o gosto por fazer resumos das leituras que são do meu interesse e para isso utilizo algumas técnicas, que variam conforme a leitura são elas:

Leitura em Savoring ou Anotações nas Bordas

Ao fazer esse tipo de resumo você ler os parágrafos e faz anotação do seu entendimento nas bordas do seu texto ou PDF.

Abaixo segue algumas dicas de como fazer isso

1 – Fazer a leitura de uma parte do texto – INPUT

2 – Pausa para processamento e reflexão – O que eu entendi?

3 – Visualização e combinação com o que eu já sei – desenhar também ajuda a fixação

4 – Escrita Resumida – o produto da sua reflexão

Com esse tipo de resumo você consegue dois benefícios:

Ter uma melhor fixação dos conteúdos lidos;

Facilidade ao rever o texto, pois segue direto para as suas anotações em vez de ter que ler tudo novamente.

Mapas Mentais

Ao fazer um mapa precisamos sintetizar nosso pensamento em relação ao texto que lemos, ao fazermos isso precisamos buscar aquelas partes que são mais importantes e que tem a ver com o tema principal.

Temos um espaço limitado e não dá para ficar fazendo textão em mapa mental, então realmente é necessário ser sucinto.

O mapa transforma o que foi lido em algo mais visual, então você consegue encontrar rapidamente o que precisa.

Para fazer mapas mentais existem várias ferramentas que vão desde o mais simples papel e caneta ao digital.

Resumo em Voz Alta

Nesse tipo você ler o assunto e grava a sua explicação sobre o tema.

Resumo gravada

Esse tipo de resumo é bem bacana, pois você treina várias habilidades ao mesmo tempo, de sintetizar o pensamento, de cadência na fala e treinar falar sobre o assunto em questão.

Se você precisar revisar basta escutar seus áudios.

Em resumo…

Todos os três tipos de resumo nos auxiliam a ser mais conciso, além de ajudar a pensar de forma mais crítica e ampla.

É sempre importante revisar os conteúdos de maior interesse e com um resumo feito não há necessidade de ler todo o texto, basta ir direto as anotações ou escutar áudios.

Portanto resumir faz parte da leitura e da fixação dela.

Gostou desse conteúdo? Deixe um comentário e nos siga no Instagram.