Quando decidimos começar a construção do nosso Motorhome de forma Artesanal, a primeira pergunta que veio foi, e agora, qual van escolher?

Esse é um dos principais pontos, é como se você tivesse que escolher o terreno que vai comprar para construir sua casa.

Então existem alguns pontos importantes e sempre levados em consideração quando falamos de uma Van para Transformar em Motorhome.

Tração Traseira ou Tração Dianteira?

Essa é uma boa pergunta, afinal, a tração traseira de dá uma tranquilidade a mais, afinal, boa parte do peso do seu carro, estará sob o eixo traseiro.

Então em locais com subidas ingremes ou piso escorregadio, a chance de uma tração dianteira não subir é alto.

Mas teria uma solução, subir de ré! rsrsrs

Brincadeiras a parte, acredito que é um ponto importante, mas secundário.

Em geral temos de tração traseira, carros como as Mercedes Sprinter e as Iveco Daily.

Já tração dianteira as Fiat Ducato, Pegeout Boxer, Citroen Jumper e Renault Master.

Mecânica ou Eletrônica?

Esse é outro ponto importante, mas muitas vezes visto de maneira diferente.

Você quer um carro novo? Provalmente terá muitos aspectos eletrônicos, quer um carro com menos componentes eletrônicos? Será um carro mais velho.

Isso impacta muito em custos de manutenção e facilitade de encontrar mão de obra qualificada para resolver seus problemas.

E o espaço interno?

Muitas vezes, um carro maior, será mais caro, mas também vai de dar mais conforto.

Um carro menor, será mais barato, menos espaço, mais mobilidade.

Tudo é um jogo de tira de um lugar e coloca no outro.

A vida de quem deseja Transformar uma Van para um Motorhome é um grande momento para desapegar.

O minimalismo é um ponto importante realmente para esse momento e isso não quer dizer deixar de ter as coisas, mas sim, otimizar.

Características que Procuravamos

Com isso que falei, nosso objetivo era um carro com pouca manutenção ou “barata” e que tivesse um espaço interno interessante (não uma van grande) com boa mobilidade.

Dentro dessas características, nosso foco foi a série Ducato/Jumper/Boxer de 2006 a 2011, pois tinham 3,30m de espaço interno do baú e uma mecânica bem confiável, os motores 2.8L, tração dianteira, econômica e que dá uma boa mobilidade.

Fomos a Procura e nos Decepcionamos

Estendemos nossa estadia em Curitiba pro duas semanas com a esperança de nesse periódo encontrar o carro que iriamos Transformar em Motorhome.

Vimos mais de 10 carros, aqui fica um adento, encontrar uma van não é igual um carro popular, é muito mais escasso.

Muitos com sinais que a mecânica estaria em seus últimos suspiros antes de precisar de uma retífica.

Esses dois carros acima, foram os dois melhores que encontramos, mas nada incrível, o da esquerda, estava a R$55.000,00.

Alguns detalhes dele que anotamos:

Pegeout Boxer Ano 2009 com 369.000 Km Rodados, vários pontos de ferrugem, porta traseira bem desalinhada e entrando água, Longarina traseira trincada dos dois lados, painel 12v quebrado e o principal, as primeiras marchas estavam difíceis de entrar.

Já o do lado direito, uma Boxer 2007, com uma baita gambiarra na porta traseira (percebemos que esses carros as portas são sempre um problema crónico). Motor fumaçando tanto pelo escapamento quanto pelo respiro do motor. E o valor ainda mais caro, 68 mil com vários problemas no motor, tanto de vazamento quanto barulho.

A Decisão sobre a Van para Transformar em Motorhome

Com todas essas situações, acabamos optando por procurar mais, quem sabe aumentar e bem nosso orçamento para o carro e realmente ir atrás de um carro mais inteiro.

Um carro que tenha uma boa estrutura será uma prioridade, claro que alinhado a uma boa mecânica, afinal não queremos comprar e já ter que fazer algo sério de mecânica no carro.

Que a saga continue, afinal essa é apenas a primeira etapa da realização desse sonhos.