Roteiro de Viagem de um dia em Joinville

Roteiro de Viagem de um dia em Joinville

Joinville é a cidade mais populosa de Santa Catarina então lá iremos encontrar algumas atrações únicas. E nesse post quero te mostrar o que tem para fazer por lá em um roteiro de um dia. Vem comigo!

O centro da cidade concentra várias atrações então para otimizar o tempo vamos deixar o carro em um ponto próximo a todas elas e vamos seguir a pé.

Mercado Municipal

A primeira parada é o Mercado Municipal Germano Kurt Freissler. O mercado é bem pequeno, mas tem o seu charme, tem como estrutura o estilo enxaimel, muito característico da região.

Ótimo lugar para comprar produtos locais, artesanatos e degustar iguarias regionais. Por lá você encontra alguns restaurantes e também uma peixaria que vende todo o tipo de pescado da região – que inclusive estava bem cheia.

Informações Úteis

Endereço: Av. Dr. Paulo Medeiros, 395 – Centro

Horário de funcionamento: Segunda a sexta das 07h às 19h e sábado das 07h às 13h

Rua das Palmeiras

Uma rua icônica repleta de palmeiras-imperiais e canteiros floridos é um dos cartões-postais de Joinville.

A Rua das Palmeiras é um espaço bem curto onde passam apenas pedestres, criando uma atmosfera encantadora e excelente para caminhar e tirar fotos.

No dia que visitamos a rua estava repleta de dancarinos, pois na cidade estava acontecendo o Festival de Dança de Joinville, o maior festival do Brasil. Ainda bem que conseguimos um espacinho nessa multidão para tirar algumas fotos.

Informações Úteis

Endereço: R. das Palmeiras, 91 – Centro, Joinville – SC

Horário de funcionamento: Aberto 24 horas

Festival de Dança de Joinville

Neste ano aconteceu o 40° edição desse festival que é o maior do Brasil. A cidade é tão importante nessa modalidade que é a única cidade do mundo que tem uma sede do Bolshoi fora da Rússia.

O festival foi realizado nos dias 17 a 29 de julho de 2023 e além das competições de dança onde precisava comprar ingressos para poder assistir, haviam palcos abertos ao público.

Inclusive se você quiser visitar as instalações da Escola do Teatro Bolshoi no Brasil é possível agendar e conhecer. Vou deixar as informações aqui embaixo.

Informações Úteis

Endereço: Av. José Vieira, 315 – América

Contato: (47) 3422-4070

Horário de funcionamento: Visitas com agendamento prévio

Catedral São Francisco Xavier

Saindo do palco aberto do festival de dança, seguimos para a Catedral de Joinville que estava ali pertinho.

Sua arquitetura é inspirada no estilo neogótico, caracterizado por seus arcos ogivais, vitrais coloridos e detalhes arquitetônicos ricos. A fachada da catedral possui duas torres altas, que se destacam na paisagem urbana.

Além de sua beleza arquitetônica, a Catedral São Francisco Xavier também possui um interior impressionante. Seu altar principal é ricamente decorado, e os vitrais espalhados pelas paredes permitem que a luz natural crie um ambiente inspirador.

A Catedral de Joinville é um local que vale a pena visitar não apenas para os interessados em arquitetura religiosa, mas também para aqueles que desejam conhecer um pouco mais sobre a cultura e a história da cidade. Sua presença imponente no coração de Joinville torna-a uma parada obrigatória para quem visita a região.

Informações Úteis

Endereço: Rua do Príncipe 746, Centro

Horário de Funcionamento: Sugerimos entrar em contato com a Igreja para verificar os horários.

Parque dos Hemerocallis

A parte da manhã foi bem cheia, mas ainda iríamos para o nosso principal objetivo que era o Parque dos Hemerocallis ele é conhecido por seus diversos jardins e com um paisagismo de tirar o fôlego.

Deixamos ele para fazer pela parte da tarde e recomendo que separe algumas horas para que sua visita seja tranquila e assim conseguir aproveitar cada cantinho do parque.

O passeio se inicia pelo jardim dos hemerocallis onde percorremos vários ambientes, com muitas cores e plantas diferentes.

Em cada estação do ano o parque fica ornamentado de acordo com as plantas da época.

Saindo do espaço Jardim dos Hemerocallis, você segue para ter uma experiência com as carpas, um lago cheio delas onde é possível alimenta-las na mão e ter um contato muito próximo, uma sensação bem interessante.

O próximo jardim é onde fica a capela e o início da plantação dos Girassóis – como visitamos no mês de julho, o parque estava realizando o Festival dos Girassóis. São mais de 28mil pés de Girassóis espalhados pelo parque.

A visita foi pensada para que você faça um circuito, não precisando passar pelo mesmo local duas vezes, ao seguir o caminho passará por uma pequena trilha onde ao final terá um espaço mais amplo, onde é possível levar a sua cesta e a sua toalha para fazer um picnic em familia.

Para finalizar a visita, a última parte é a mais próxima do estacionamento, onde concentra a maior parte das rosas e girassóis.

Durante o mês de Novembro o local fica cheio das Hemerocallis que é a espécie que conhecemos como lírios. O restante do ano, outras flores dão espaço e o parque fica ainda mais colorido.

No final da visita há uma loja, onde você pode comprar desde plantas até produtos coloniais. Ali também há uma cafeteria onde é servido um café colonial comercializado no peso R$69,90 kg.

Com certeza esse é um passeio para levar toda a família e aproveitar um período de muito contato com a natureza.

Informações Úteis

Endereço: Rua Tenente Antônio João, 4257 – Jardim Sofia

Contato: (47) 3473-0628 | 99773-0082

Horário de funcionamento: Terça a sexta das 7h30 às 17h e sábado das 09h às 17h 

Jardim das Delícias

Finalizamos o nosso passeio por Joinville indo tomar um café em um lugar bem gostoso. O ambiente tinha a decoração de vários tipos de plantas e as comidinhas muito gostosas.

O atendimento também foi um ponto alto da experiência, todos os atendentes estavam prontos a tirar nossas dúvidas e explicar os processos de como eram feitos os cafés ou como era feito determinado prato.

Informações Úteis

Endereço: R. Alfredo Marquardt, 17 – Saguaçu

Horário de funcionamento: Segunda a sexta das 14h às 19h e no sábado das 09:30h às 19h.

Então esse foi o nosso roteiro em Joinville é claro que ainda ficaram várias atrações por fazer mas que vão ficar para uma próxima visita e com certeza já amamos a cidade e recomendamos a visita.

Gostou desse post? Compartilha com alguém que vai visitar Joinville.

 

  

 

Desbravando a natureza: Descubra a emoção na Trilha das Pirâmides Sagradas

Desbravando a natureza: Descubra a emoção na Trilha das Pirâmides Sagradas

Neste post vou fazer um compilado de várias informações sobre a Pousada das Pirâmides, Trilha da Cachoeira do Puma e a famosa Trilha das Pirâmides Sagradas.

Quer fazer uma trilha desafiadora e que requer um pouco de resistência? Se esses itens estavam na sua lista essa trilha é para você.

Para chegar a todos esses atrativos você precisa seguir até o município de Grão-Pará em Santa Catarina. Que fica a cerca 338 km de Blumenau, mais ou menos, 5 horas de carro e de Florianópolis 211km em média 3 horas e meia de viagem. Sendo que desse trajeto são 22km de estrada de chão que leva cerca de 45 minutos.

A Pousada das Pirâmides

Como o tempo de viagem até o local é longo é recomendável se hospedar na Pousada das Pirâmides, assim você consegue aproveitar tudo com calma e sem correia de ir embora.

A hospedagem pode ser nos chalés que eles alugam ou se você gosta de camping (como nós) pode ficar de barraca. Para quem vai acampar o valor da diária por pessoa é de R$60 podendo alterar devido em feriados, verifique os valores na ocasião da sua visita.

Estrutura Camping

Na pousada temos bastante espaço para colocar barracas e alguns deles protegidos do sol. Além disso, o local conta com uma recepção que damos a entrada e também podemos adquirir alguns itens. Normalmente na recepção não há ninguém para te atender e você pode se servir dos itens e anotar na sua comanda.

Ainda na recepção, há um grande salão onde são servidas as refeições para os hospedes dos chalés (como café da manhã) e para os demais hospedes é possível adquiri todas as refeições por um preço fixo – café R$35 e almoço e janta R$50.

Ao lado da recepção temos a área de convivencia, onde estão localizados os banheiros e a cozinha. Os banheiros tem sanitários e box para banho separados, tem a disposição água quente. A cozinha não utilizamos, mas vimos várias pessoas usando e parecia bem equipada.

Nessa área também tem lugares para armar a barraca que ficam protegidas do sol ou chuva, porém as pessoas constumam ficar nesse espaço até mais tarde.

O que não gostei

Definitivamente o único problema que encontrei nesse camping foram os banheiros, talvez por uma má gestão da quantidade de pessoas que comporta o lugar. Na hora de pico, quando todo mundo quer tomar banho ou usar os banheiros eles não estavam dando conta da quantidade de pessoas e uma fila começou a se formar, e fora que devido a ter muita gente usando ao mesmo tempo o sistema de aquecimento da água estava deixando muita gente na mão.

Dica ou tome banho mais cedo ou mais tarde, assim evita esse transtorno.

Se você quer ver mais a estrutura dessa pousada confere o vídeo aqui 👇

Pontos de interesse

Ainda dentro da propriedade temos também o Mirante da Chiquita onde podemos apreciar o nascer do sol com tranquilidade. Tem balanços e vários lugares para quem curte tirar fotos.

É claro que a principal intenção de quem se hospeda nessa pousada é aproveitar as trilhas, então vamos a elas.

Trilha do Puma

Essa trilha tem cerca de 5km de extensão ida e volta. Para chegar até ela você precisa pegar a estrada principal da Pousada e ir seguindo as placas.

No caminho você vai passar por um ponto onde precisa atravesar um pequeno riacho – se for sortudo como nós –  provavelmente vai molhar os pés 😅.

A trilha tem um nível fácil, porém percebemos que alguns pontos são bem escorregadios, ali parece que a terra nunca fica seca devido a mata que se torna mais fechada.

No final da trilha você chega a cachoeira do Puma, a queda é bem bonita, porém não conseguimos chegar tão perto, e devido ao frio seria impossível tomar banho. Mas valeu a pena a caminhada, até mesmo como aquecimento para o que viria no dia seguinte…

Trilha das Pirâmides

Pra mim ir até lá era para fazer essa trilha, ela era o meu objetivo final desse passeio.

A Trilha das Pirâmides Sagradas pode ser considerada umas das mais difíceis que temos no estado de Santa Catarina. O desafio foi grande, muito cansaço no caminho, pedras soltas, terreno escorregadio, de tudo um pouco, mas no final compensou muito porque fomos agraciados com

UMA DAS MELHORES VISTAS QUE JÁ VIMOS! AS PIRÂMIDES SAGRADAS.

São 9km ida e volta, fizemos em cerca de 5 horas de caminhada, sendo permanecemos mais ou menos 50 minutos lá no topo, para aproveitar o visual e também tomar um café com bolo.

Sinceramente se não estivessemos com alguém que é acostumado a fazer trilhas talvez não nos arriscariamos nessa aventura.

O começo da trilha está bem sinalizado, porém o restante você precisa ter um certo conhecimento do caminho. Contudo acredito que esse dia por ser final de semana encontramos muitos grupos, então quem se arriscou a ir sozinho, acabou se integrando a outros grupos no caminho.

Como eu disse é árdua e cansativa, exige um certo preparo, pois tem muitas subidas. Leve bastante água e também um lanche, para não ficar com fome. Lá em cima pegamos várias rajadas de vento então recomendo levar um casaco. E quando chegar tire o boné ou chapeú se não quiser ficar sem.

É uma experiência única, faria de novo? Não sei! 😅 mas acredito que ela deve ser feita pelo menos uma vez na vida.

Se você quer ver como foi a nossa experiência confere o vídeo. 👇

Então te vejo no próximo post, até lá.

 

 

Passeios Imperdíveis em Urubici: Morro do Campestre e Morro da Igreja

Passeios Imperdíveis em Urubici: Morro do Campestre e Morro da Igreja

Urubici tem vários atrativos naturais, que são os nossos grandes interesses em todas as nossas viagens. Então decidimos explorar o máximo as várias atrações naturais, dentre elas o Morro do Campestre e da Igreja, vem comigo!

Morro do Campestre

Que passeio delícioso do início ao fim!

Essa atração anteriormente era chamada de Morro da Cruz, mas com o tempo a cruz sofreu prejuízos com a ação o tempo e por fim foi retirada do local. Por lá existem várias formações rochosas situadas no alto de uma montanha a 1380 metros de altitude.

O Morro do Campestre está localizado em uma propriedade particular e por isso existe uma taxa para entrar. Ao chegar ao portal de entrada, você vai deixar o seu carro no estacionamento e vai se dirigir até a cafeteria, onde pode comprar os ingressos.

Em seguida vai pegar o seu carro novamente e vai subir por uma estrada que está bem estruturada e asfaltada, até chegar onde ficam as formações. Ali existe um estacionamento onde você vai deixar o carro e seguir a pé.

Nós fomos no início da temporada de inverno em abril/2023 e a experiência foi ótima, não tinha quase ninguém, então deu para contemplar a natureza e tirar várias fotos.

No alto do Morro do Campestre, os visitantes são recompensados com uma vista deslumbrante da cidade de Urubici e das montanhas ao redor. Por lá também tem um balanço que dá para tirar umas fotos muito bacanas.

Se você quiser ter uma experiência ainda melhor ali é um ótimo local para observar o pôr do sol fazendo um picnic, você pode reservar com antecedência, que eles preparam a cesta para você apenas aproveitar. As informações você pode adquirir no instagram do Morro do Campestre.

Ali você faz o seu tempo, podendo ficar o quanto quiser. Na volta recomendo aproveitar o café para tomar um chocolate quente. O local é bem estruturado e conta com restaurante, comidinhas, recepção e banheiros.

Se quiser ver como foi a nossa experiência confere o vídeo abaixo 👇

Informações

Endereço: Estr. Geral – Campestre, Urubici – SC, 88650-000 – são mais ou menos 15 minutos do centro de Urubici. Valor: R$30 por pessoa – atualizado em junho/2023

Pet friendly

Horário de Funcionamento: 

Ponto Turístico: 09 às 18hs todos os dias

Paradouro: Seg, Qui e Dom das 09 às 18hs e Sex e Sáb das 09 às 19hs. Dias de terça o paradouro não abre.

Morro da Igreja

Se você procura uma atração gratuita em Urubici, essa aqui é mais uma delas, junto com a Serra do Corvo Branco. Bastante procurada pelos turistas que visitam essa região.

O morro da Igreja pertence ao Parque Nacional de São Joaquim, localizado na divisa entre os municípios catarinenses de Bom Jardim da Serra, Orleans e Urubici.

Para fazer a visitação você precisa fazer a reserva no site da ICMbio uma semana antes da visita. E depois retirar o ingresso lá na Sede da ICMbio no centro de Urubici. Pela parte da manhã o ticket pode ser retirado até às 12hs e de tarde até às 16hs. As reservas são feitas por veículo, ao preencher o formulário você deve informar o CPF de uma pessoa responsável que deve estar presente na hora da visita.

Se você decidir retirar o ingresso no mesmo dia da visita, lembre-se que da Sede do ICMbio para o Morro da Igreja são cerca de 30 km, ou seja, cerca de 30 minutos de estrada.

Como o tempo por lá é meio imprevisivel recomendo reservar vários dias no site para que se não der em um dia, você já tenha a reserva para outro dia. E não demore para fazer sua reserva, pois elas se esgotam rápido.

Ao chegar na entrada do Parque, existe uma guarita onde o ingresso é conferido e você é liberado para subir. No Morro da Igreja só é permituda a permanência de 15 minutos, porém não existe realmente uma fiscalização para quem fica mais ou menos.

Do mirante você consegue ver a Pedra do Morro da Igreja, que é um dos cartões-postais de Urubici. Pena que para chegar na Pedra só é feita por trilha e precisa de autorização. O lugar é encantador, ali vemos também a formação das nuvens – uma experiência única.

Informações

Endereço Sede: Avenida Pedro Bernardo Warmling, Número 1542 – bairro Esquina

Morro da Igreja: De carro, pela estrada SC 370 (de terra, no começo). Depois, mais 18 km de asfalto até o topo. Fica em Santa Teresinha, Orleans – SC, 88650-000

Horários de entrada: Pela manhã você pode acessar das 08 às 13 horas e se reservar a tarde pode acessar das 13 às 17hs.

Quer ver como foi a nossa experiência por lá, confere o vídeo abaixo 👇

E aqui estão os links se você quiser ver as outras atrações que visitamos como o Altos do Corvo Branco, Cascata do Avencal e Cascata Papuã, esses pontos turísticos proporcionam experiências únicas e são imperdíveis em Urubici.

Gosta do nosso conteúdo, segue lá no instagram para receber ainda mais.

Serra do Corvo Branco e Altos do Corvo Branco em Urubici

Serra do Corvo Branco e Altos do Corvo Branco em Urubici

A Serra do Corvo Branco e o Altos do Corvo Branco são mais duas atrações bastante procuradas em Urubici.

Quer mais informações antes de ir? Vem comigo

Se você não viu, já temos aqui no blog um post com todas as informações sobre outras atrações em Urubici como a Cachoeira do Avencal e Cachoeira Papuã.

Serra do Corvo Branco

Serra do Corvo Branco foi a primeira estrada aberta entre o litoral e a serra catarinense. Ela possui o maior corte feito entre rochas do Brasil com 90 metros de profundidade e estando a 1470 metros de altura.

Ela fica entre os municípios de Urubici e Grão-Pará. Para chegar lá são 30 km de Urubici, sendo que a parte final da estrada não tem asfalto e com alguns trechos acidentados, por isso recomendo ir com atenção.

Durante o inverno, muita gente buscando aproveitar a temporada de frio acaba de arriscando e pegando essa estrada que é muito sinuosa e íngreme, e muitas vezes a estradas congelam gerando muitos acidentes. Então a dica é verifique as condições do tempo antes de seguir para lá.

Nós fomos no início da temporada de inverno em abril/2023 e a experiência foi ótima, não tinha quase ninguém na Serra e passaram poucos carros em quanto estávamos lá. Então deu para contemplar a natureza e tirar várias fotos.

Tenho duas recomendações caso decida visitar.

  1. Se for na alta temporada busque ir dia de semana, que diminui bastante o fluxo de pessoas.
  2. Esteja bem agasalhado, por que mesmo que não seja inverno lá venta bastante e fica bem frio.

Endereço: Rodovia SC-370, Km 101,7. Urubici – SC

Valor: Gratuito

Altos do Corvo Branco

Essa atração fica ao lado do corte da estrada Serra do Corvo Branco, ali existe uma guarita onde você adquiri os ingressos. Ali ele também te fornece um mapa dos mirantes e um protetor de calçados que precisam ser usados nos mirantes 1 e 2.

Pra essa atração recomendo separar pelo menos uma hora e meia, tendo em vista que para todos os mirantes você consegue ir a pé, no entanto para os mirantes 4 e 5 eles disponibilizam um transporte, pois ficam um pouco mais distantes.

Acredito que reservando esse tempo é possível aproveitar bastante, tirar várias fotos nos mirantes e nos balanços que nem sempre estão vazios. Não sei vocês, mas prefiro que as minhas fotos não tenham outras pessoas.

No geral gostamos bastante dessa atração, a estrada de acesso é bem estreita, então eles controlam a descida e subida dos carros para não haver dificuldades.

O primeiro mirante fica logo ao lado do estacionamento, o segundo mirante também é perto e de acesso fácil.

E que visão bonita da Serra.

O terceiro mirante não fomos, deixamos para ir no final e acabamos passando direto na volta. Ele fica em uma subida bem íngreme e teríamos que voltar andando para o estacionamento de lá. Como nós decidimos não subir, seguimos com o carro que faz o transporte entre os mirantes até o estacionamento.

Nos quarto e quinto mirantes temos um balanço e também visão a região das Pirâmides Sagradas que ficam em Grão-Pará – em breve elas vão aparecer também aqui no blog, fiquem ligados.

Apesar de termos tido uma experiência bem bacana notamos que existem alguns pontos de melhoria, como a estrada entre o estacionamento e o restaurante poderia está melhor pavimentada e sem tantas pedras soltas, pois o acesso é feito a pé.

Recomendações:

  1. Leve um lanche e água, pois existem as caminhadas entre os mirantes e o restaurante fica logo na entrada, não há nada no meio do caminho para comprar caso bata a fome ou sede.
  2. Verifique a previsão do tempo antes de ir, pois não abrem em dias de chuva.

Valor: R$60 por pessoa – idosos não pagam meia. Aceitam cartão de crédito.

Horário de Funcionamento: 08:30 às 17:00.

Se quiser ver essa visita em vídeo confere aqui. 👇

Deixe-se surpreender: Atrações turísticas imperdíveis em Urubici

Deixe-se surpreender: Atrações turísticas imperdíveis em Urubici

Procurando o friozinho nesse inverno?

Urubici na Serra Catarinense é um bom lugar para experimentar essa época do ano que é muito esperada pelos brasileiros que adoram ver a neve e aproveitar o frio. Hoje escolhemos dois dos pontos turísticos mais visitados de Urubici para compartilhar com vocês, a Cascata do Avencal e a Cascata Papuã.

Em Urubici e nas cidades próximas existem muitas atividades para aproveitar a natureza e a beleza do lugar. Vem como ver.

Cascata do Avencal

A cascata possui aproximadamente 100 metros de altura, formando um espetáculo visual impressionante. Ela fica dentro do Parque Mundo Novo, onde também fica a Cascata Mundo Novo e mais quatro mirantes.

A Cascata do Avencal é composta por um paredão de rochas onde a água flui do meio, formando uma cortina branca que contrasta com o verde intenso da vegetação ao redor.

Por lá, além da contemplação da natureza, você pode fazer algumas outras atividades como:

  • Tirar belas fotos no mirante branco, no mirante verde, no mirante de vidro, no balanço do infinito e na réplica da pedra furada.
  • Para quem gosta de atividades mais radicais tem o salto de pendulo, fazer rapel e a Tirolesa de Bike.
  • Para quem gosta de trilha é possível chegar na parte de baixo da Cascata do Avencal, ela tem cerca de 500 metros de extensão, o que significa uma caminhada relativamente curta. No entanto, é considerada de dificuldade moderada devido a trechos íngremes e irregulares, especialmente em algumas partes mais próximas da cachoeira.A trilha tem início próximo ao estacionamento da Cascata do Avencal. O tempo médio para percorrer a trilha é de aproximadamente 15 a 20 minutos. Os visitantes podem seguir as placas indicativas e seguir o caminho marcado.
  • Ainda dentro do parque para quem estiver com as crianças tem algumas atividades como a tirolesa kids, pedalinho e a teia suspensa.

No parque tem uma boa infraestrutura para o passeio em qualquer época do ano, lá encontramos um restaurante, cafeteria e também banheiros.

Para acessar o restante do parque Mundo Novo e a Cascata Mundo Novo recomendamos pegar o carro e assim chegar bem mais próximo da queda. Nesse espaço tem também um bistrô caso bata uma fominha.

Valores

Entrada: R$40,00 por pessoa – idoso não paga meia. Com esse valor você tem direito a acessar as duas cascatas, a trilha base da cachoeira do Avencal e está incluso o estacionamento.

As outras atividades que citei antes você pode conferir os valores na entrada da atração.

Horário de Funcionamento

Funciona de 08 às 18:00, todos os dias da semana.

Cachoeira Papuã

Logo na entrada da Cachoeira Papuã, você se depara com um restaurante (onde possui banheiros) e loja de artigos diversos, desde imãs de geladeiras a roupas e decoração.

Todo o trajeto nessa atração é feito através de plataforma elevada, tornando assim o local acessível a qualquer pessoa.

Existem dois caminhos a seguir, o da direita levará diretamente para o mirante de vidro, onde terá uma visão frontal da Cachoeira Papuã.

A Cascata Papuã possui uma queda d’água com aproximadamente 60 metros de altura, e sua beleza encanta os visitantes. A cachoeira forma uma pequena piscina natural na base.

Durante a caminhada até a cachoeira, os visitantes têm a oportunidade de desfrutar da natureza ao redor, com vistas panorâmicas das montanhas e da vegetação local.

Pela esquerda, você terá acesso ao complexo onde terá acesso as outras atividades que podem ser adquiridas como Arvorismo, Balanço Infinito e Sky Bike(andar sobre uma corda de bicicleta de um mirante ao outro).

Valores

Entrada: R$35,00 por pessoa – idoso paga R$20.

Horário de Funcionamento

Funciona de 08:30 às 17:30, todos os dias da semana.

Um pouco da nossa Experiência

Fomos para Urubici em Abril/2023 então os valores das atrações podem variar em outras épocas do ano. Mas nesse período a temporada de inverno estava no inicio, então já pegamos os valores das atrações já reajustados para a temporada.

Em geral, os dois passeios nos agradaram bastante, porém queremos destacar especialmente a Cascata Papuã devido a estrutura e facilidade de ir de chegar nos pontos de interesse. Por o acesso ser feito todo por rampas, ajuda facilita bastante. E é notável que o local estava recebendo melhorias.

Além do acesso, o ingresso para a Cascata Papuã é mais barato e os idosos também tem o benefício de pagar menos.

Ambas atrações são próximas uma da outra, para você chegar na Cachoeira Papuã, passará na frente da Cascata Avencal.

Antes de visitar a Cascata Papuã ou qualquer outra atração em Urubici, é recomendável verificar as condições climáticas, no dia que fomos o dia estava bem aberto e sem chuva, mas frio do mesmo jeito 😉.

 

5 Motivos para Visitar a Cachoeira Paulista em Santa Catarina

5 Motivos para Visitar a Cachoeira Paulista em Santa Catarina

A Cachoeira Paulista é um dos atrativos naturais e fica no Município de Dr. Pedrinho em Santa Catarina e por lá tem várias atividades que você pode fazer.

O que fazer na Cachoeira Paulista?

1- Tirar Belas Fotos

A propriedade é bem grande, e existe um balanço no topo do local onde você poderá tirar sua foto com a cachoeira ao fundo ou com um belo nascer do sol, você quem escolhe.

2- Se hospedar em um dos Chalés ou fazer Camping

O local tem bastante estrutura para quem quer acampar, com vários pontos para colocar a barraca, cada ponto tem a sua mesa, churrasqueira, ponto de luz e água. Os banheiros tem chuveiro a gás e são bem estruturados com uma área seca e outra molhada.

Se quiser ver mais de perto antes de ir confere o vídeo que fizemos mostrando tudo.

3- Trilha Ecológica

A trilha vai dar na queda da cachoeira, ela é quase toda em descida, o lado bom é que o acesso é por degraus facilitando a descida e subida também. A minha dica é se quiser tirar as melhores fotos se prepare para se molhar, lá tem um mirante que molha bastante, mas as fotos ficam ótimas.

4- Outras Atividades

Existem várias atividades possíveis de realizar na Cachoeira Paulista, como tirolesa, rope jump, rapel, pesque e pague, pedalinho e restaurante. Todas essas atividades são pagas a parte e as entradas podem ser adquiridas na recepção.

5-  A Cachoeira Paulista

A cachoeira em si é um espetáculo a parte, além de ser linda de se contemplar ela rende fotos incríveis, tanto para quem ficar só no mirante superior quanto para quem faz a trilha. Da propriedade conseguimos vê-la de vários ângulos e o mais legal é quando está iluminada a noite. Imperdível!

Gostou? Fizemos um vídeo mostrando a Cachoeira Paulista e um dia no camping lá.

Informações Gerais:

Funcionamento de Terça a Domingo das 9h às 18h

Informações Jackeline – (47) 99196-4998

Facebook e Instagram /cachoeiratirolesadapaulista

Valores:

Para visitação: R$20

Passar o dia: R$30

Diária Camping: R$50

Diária Chalé: R$460