A nossa temporada em Bombinhas chegou ao fim, foi um período de muito aprendizado e não poderíamos deixar passar em branco essa conclusão.

Bombinhas foi a primeira cidade que visitamos na nossa vida de slow travelers. Foram 6 meses conhecendo cada cantinho dessa cidade maravilhosa, morar perto da praia foi uma experiência incrível.

Nós enfrentamos muito frio, mas também tivemos muitos dias de calor e praia. Conhecemos novas pessoas que nos auxiliaram a conhecer essa região linda.

Porque estamos indo embora?

Mesmo sendo lugar incrível, tudo tem o seu fim. Nós percebemos que daquela região já havíamos feito quase todas as atividades, já estávamos satisfeitos com tudo o que vimos e era hora de se mover para outro lugar.

Porém além disso, alguns motivos nos fizeram decidir ir para outra cidade:

  • A distância de muitos lugares que são “relativamente perto” começou a incomodar com o passar dos meses;
  • Decidimos fugir da alta temporada, que por lá é muito forte. Problemas como trânsito caótico de filas de horas e horas, praias lotadas são algo constante na cidade e que tornam a experiência prejudicada.
  • Muitos itens do cotidiano aumentaram pouco antes do início do verão. Então tudo estava saindo mais caro.
  • Precisávamos resolver algumas situações do carro, para que ele pudesse passar na vistoria do Detran. E estávamos tendo dificuldade de encontrar pessoas que trabalhassem com veículos mais pesados em Bombinhas.
  • E como eu falei antes, Bombinhas é uma cidade maravilhosa e que abraça, mas queremos explorar o mundo e temos muito chão pela frente. Então temos que colocar o pé na estrada, porém, iremos voltar para visitar Bombinhas mais vezes sem dúvida.

Curiosidades de Bombinhas

É claro que durante esse período aprendemos muitas coisas sobre a cidade e principalmente suas curiosidades, que compartilho com vocês.

Sobre as praias

  • O calçadão da praia de Bombas foi inaugurado em 2017 e a passarela do Ribeiro em 14 de maio 2021 (mesmo dia que nos mudamos de Manaus 😄).
  • A passarela liga as três praias Bombas, Ribeiro e Bombinhas. Antes esse trajeto era feito, exclusivamente por trilha.
  • Na praia de Bombas é possível visitar um rancho de pesca e assim conhecer mais sobre a pesca da Tainha e visitar as canoas de um pau só. Algumas das canoas tem mais de 100 anos de fabricação.
  • A praia de 4 ilhas recebe esse nome devido a ser o lugar onde é possível ver as 4 ilhas que são: Galé, Deserta, Calhau de são Pedro e Arvoredo.

A partir de quatro ilhas é possível fazer trilha dos dois lados. Na trilha do lado esquerdo você consegue acessar ao ponto chamado de Dedo de Deus e também a praia do Retiro dos Padres e na do lado direito uma trilha mais curta chega a Pedra Furada.

  • Em 2021 três praias de Bombinhas foram premiadas mais um ano com a Bandeira Azul. São elas Mariscal, Conceição e Quatro Ilhas. Essa premiação é concedida a nível internacional em reconhecimento a uma boa gestão do ambiente. Para receber a bandeira o ambiente precisa atender a 34 critérios todos os dias da temporada.

Sobre a Cidade

  • Bombinhas é o menor município de Santa Catarina com apenas 34 km e tem 75% de área verde e de proteção ambiental. A sua população é cerca de 20 mil habitantes, mas na temporada de verão 2019 chegou abrigar mais 800 mil pessoas.
  • Bombinhas não tem área rural ela é 100% urbana.
  • Na cidade são poucos bancos instalados, recentemente foi instalado um caixa 24 horas no supermercado Veratoni, se não quiser enfrentar filas melhor vir com dinheiro, apesar de a maioria dos estabelecimentos aceitarem cartões.
  • Devido ao grande fluxo de pessoas na alta temporada Bombinhas conta com um SAMU – serviço exclusivo para cidade acima de 100 mil habitantes.
  • A cidade não tem sistema de transporte urbano, então a minha recomendação é vá de carro, porque contar com o Uber é contar com a sorte.
  • As ruas dos bairros de Bombinhas são divididos por tipos: Nomes de Flores, Pedras: Bairro de Mariscal, Equinodermos: Canto Grande – Praia da Tainha, Pássaros, Ilhas, Rios, Peixes. Então para saber em qual bairro está basta saber qual o tipo da rua.
  • A árvore chamada de Garapuvu é símbolo de Bombinhas.

Atrativos Turísticos

  • Morro do macaco e mirante 360 estão no mesmo parque municipal, porém não são a mesma atração.
  • Existe uma diferença na visão do morro do macaco e do eco 360. Se puder visite o morro do macaco vale muito a pena, o esforço é grande mas a visão é surpreendente, recomendo o mirante eco 360 principalmente para pessoas com dificuldade de locomoção.

  • No morro do macaco você pode fazer duas trilhas uma subindo para o Morro do Macaco que vai ter a visão de toda a península de Bombinhas e a outra é Trilha da Tainha que ao final vai chegar na praia de mesmo nome.
  • A trilha do Morro do Macaco é toda sinalizada a cada 100 metros o mesmo não pode dizer da trilha da tainha.
  • A capela nossa senhora imaculada Conceição está em pose da iniciativa privada e não pertence a igreja católica.

No passado, caíram três raios nela, que a deixaram destruída e por isso precisou ser restaurada várias vezes. A última restauração foi feita por iniciativa da comunidade, que passou a ser responsável pela igreja. Lá não são realizadas missas, apenas alguns eventos como casamentos, festas e funerais.

O cemitério atrás da igreja já está capacidade máxima, podendo ser enterrados lá pessoas de famílias naturais de Bombinhas.

Agradecimentos da temporada em Bombinhas

Queremos agradecer ao pessoal do grupo de Trilha, que além de trilhar se tornou realmente uma família. Graças ao grupo conseguimos chegar em regiões de Bombinhas que não conseguiríamos sozinhos.

grupo-trilha

E também ao projeto Descobrindo Bombinhas da prefeitura, boa parte das curiosidades e aprendizados sobre a região foi através dele que tivemos acesso.

E você conhece Bombinhas? Gostou das curiosidades da cidade? Comenta ai embaixo.