Quanto iniciamos nossos investimentos, principalmente em Renda Fixa, constantemente nos deparamos com a sigla CDI. Mas o que significa CDI?

Certificado de Depósito Interbancário ou simplesmente CDI é a Taxa de Juros para empréstimos entre bancos. É a principal referência usada em investimentos de Renda Fixa.

Portanto, você verá sempre diversos investimentos atrelados ao CDI, que normalmente se espera que ele renda ao menos 100% do CDI.

O que é CDI?

O Certificado de Deposito Interbancário foi criado nos anos 80, como forma de garantir que os recursos fossem distribuídos gerando um fluxo financeiro necessário para os bancos.

O CDI possui características similares aos Certificados de Depósito Bancário (CDB) sendo a diferença apenas que a negociação existe apenas ao mercado bancário.

Então quando um banco precisa de recursos e pega um “empréstimo” com um outro banco, eles acordam um valor do juros que deverá ser pago.

A média dos juros que os bancos pagam nas transações entre eles é o CDI. Normalmente a taxa CDI ficará muito próxima da Taxa SELIC.

Rendimento do CDI em um CDB

Quando você for investir em um CDB em geral verá que o rendimento daquele título é indexado a taxa CDI. Vamos a um exemplo:

Um Título do Banco XYZ com investimento de R$ 1.000,00 terá remuneração de 105% do CDI e vencimento em um ano.

Levaremos em conta para efeito de exemplo que o CDI está em 5% a.a. (Na data dessa publicação o CDI está em 2,15% a.a.)

Então temos o seguinte:

105% x 5% = 5,25%

Então seus R$ 1.000,00 teriam o juros de 5,25% após um ano (caso não houvesse mudança no CDI). Dessa forma seu investimento teria um valor final de R$ 1052,50 ou R$ 52,50 de Lucro.

CDI x SELIC x Poupança

As taxas do CDI e SELIC sempre estão muito próximas. Normalmente, a taxa DI (CDI) está algo entre 0,1 e 0,2% abaixo da Taxa SELIC ou Taxa de Juros.

Isso ocorre pois o risco de crédito existente nos empréstimos interbancários são muito semelhantes ao do governo, gerando assim um “rendimento menor”.

Outra diferença entre o CDI e SELIC é que a Taxa DI é definida diariamente pelas operações entre os bancos, já a Taxa SELIC é estabelecidade pelo COPOM (Comitê de Política Monetária).

Já a poupança possui uma regra diferente definida pelo Banco Central em maio de 2012, onde caso a Taxa SELIC esteja acima de 8,5% a poupança terá rendimento de 0,50% ao mês mais a Taxa de Reajuste.

Já se a SELIC estiver abaixo de 8,5% a poupança terá seu rendimento em 70% da Taxa SELIC.

Com isso, no momento atual, onde a SELIC está a 2,25% ao ano a Poupança terá um rendimento de 1,575% ao ano. Valor abaixo até que a Inflação (IPCA).

Fique sempre Atento

Por essas e outras que é cada vez mais importante você se manter atualizado sobre as Taxas e formas de rendimento de suas aplicações financeiras.

Também é importante ficar de olho na segurança que seu investimento possui, por isso é bom você entender como funciona o Fundo Garantidor de Crédito.

Fazendo assim que possa buscar um melhor retorno em seus investimentos ou encontrando o produto correto para o objetivo que você possui.