Serra do Corvo Branco e Altos do Corvo Branco em Urubici

A Serra do Corvo Branco e o Altos do Corvo Branco são mais duas atrações bastante procuradas em Urubici.

Quer mais informações antes de ir? Vem comigo

Se você não viu, já temos aqui no blog um post com todas as informações sobre outras atrações em Urubici como a Cachoeira do Avencal e Cachoeira Papuã.

Serra do Corvo Branco

Serra do Corvo Branco foi a primeira estrada aberta entre o litoral e a serra catarinense. Ela possui o maior corte feito entre rochas do Brasil com 90 metros de profundidade e estando a 1470 metros de altura.

Ela fica entre os municípios de Urubici e Grão-Pará. Para chegar lá são 30 km de Urubici, sendo que a parte final da estrada não tem asfalto e com alguns trechos acidentados, por isso recomendo ir com atenção.

Durante o inverno, muita gente buscando aproveitar a temporada de frio acaba de arriscando e pegando essa estrada que é muito sinuosa e íngreme, e muitas vezes a estradas congelam gerando muitos acidentes. Então a dica é verifique as condições do tempo antes de seguir para lá.

Nós fomos no início da temporada de inverno em abril/2023 e a experiência foi ótima, não tinha quase ninguém na Serra e passaram poucos carros em quanto estávamos lá. Então deu para contemplar a natureza e tirar várias fotos.

Tenho duas recomendações caso decida visitar.

  1. Se for na alta temporada busque ir dia de semana, que diminui bastante o fluxo de pessoas.
  2. Esteja bem agasalhado, por que mesmo que não seja inverno lá venta bastante e fica bem frio.

Endereço: Rodovia SC-370, Km 101,7. Urubici – SC

Valor: Gratuito

Altos do Corvo Branco

Essa atração fica ao lado do corte da estrada Serra do Corvo Branco, ali existe uma guarita onde você adquiri os ingressos. Ali ele também te fornece um mapa dos mirantes e um protetor de calçados que precisam ser usados nos mirantes 1 e 2.

Pra essa atração recomendo separar pelo menos uma hora e meia, tendo em vista que para todos os mirantes você consegue ir a pé, no entanto para os mirantes 4 e 5 eles disponibilizam um transporte, pois ficam um pouco mais distantes.

Acredito que reservando esse tempo é possível aproveitar bastante, tirar várias fotos nos mirantes e nos balanços que nem sempre estão vazios. Não sei vocês, mas prefiro que as minhas fotos não tenham outras pessoas.

No geral gostamos bastante dessa atração, a estrada de acesso é bem estreita, então eles controlam a descida e subida dos carros para não haver dificuldades.

O primeiro mirante fica logo ao lado do estacionamento, o segundo mirante também é perto e de acesso fácil.

E que visão bonita da Serra.

O terceiro mirante não fomos, deixamos para ir no final e acabamos passando direto na volta. Ele fica em uma subida bem íngreme e teríamos que voltar andando para o estacionamento de lá. Como nós decidimos não subir, seguimos com o carro que faz o transporte entre os mirantes até o estacionamento.

Nos quarto e quinto mirantes temos um balanço e também visão a região das Pirâmides Sagradas que ficam em Grão-Pará – em breve elas vão aparecer também aqui no blog, fiquem ligados.

Apesar de termos tido uma experiência bem bacana notamos que existem alguns pontos de melhoria, como a estrada entre o estacionamento e o restaurante poderia está melhor pavimentada e sem tantas pedras soltas, pois o acesso é feito a pé.

Recomendações:

  1. Leve um lanche e água, pois existem as caminhadas entre os mirantes e o restaurante fica logo na entrada, não há nada no meio do caminho para comprar caso bata a fome ou sede.
  2. Verifique a previsão do tempo antes de ir, pois não abrem em dias de chuva.

Valor: R$60 por pessoa – idosos não pagam meia. Aceitam cartão de crédito.

Horário de Funcionamento: 08:30 às 17:00.

Se quiser ver essa visita em vídeo confere aqui. 👇


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.