Tour Casa de Bombinhas

Tour Casa de Bombinhas

Hoje lhes apresento a casa que alugamos em Bombinhas. Normalmente ela é alugada apenas por temporada, mas por a temporada de verão 2020/2021 ter sido fraca o locador resolver abrir uma exceção e alugar por um período maior.

Eu fiz um post falando sobre como foi a nossa saga para encontrar uma casa em Bombinhas com um preço justo e por um período de tempo maior, falando se é fácil ou difícil alugar casa em Bombinhas.

Também fizemos um vídeo mostrando a casa que você conferir.

IMPRESSÕES

A casa como vocês podem ver no vídeo foi pensada para um grupo de no máximo seis pessoas. Pela quantidade de quartos e camas disponíveis.

Por ser uma casa de temporada não foi pensada em quem vai passar mais tempo como nós. Então sentimos falta de lugares para pendurar coisas (como casacos, chave de casa, etc.), dessa forma tivemos que comprar alguns ganchos de porta.

Os guarda-roupas disponíveis também são bem pequenos, então confirma que a casa foi planejada para grupos que vão ficar pouco tempo e vão levar pouca bagagem.

Diante dessa dificuldade tivemos que construir alguns móveis para a nossa estadia mais longa, que você consegue conferir aqui.

Mesa para computador

O locatário

Ele não mora na mesma cidade, mas vem com bastante frequência ficar na casa que é a dele. Então sempre é possível conversar com ele. Pegamos até uma escada emprestada.

Porém mesmo ele estando por perto, qualquer problema que tenhamos falamos com a imobiliária que intermediou a locação. Exemplo disso foi o problema que tivemos com a pia da cozinha.

Os cômodos

Logo na entrada temos um pequeno jardim, uma garagem e um espaço de churrasqueira, que durante a construção do motorhome foi o nosso depósito.

Sala

A sala juntamente com a cozinha tem um ambiente amplo e confortável. A cozinha está toda equipada com panelas, pratos e vários utensílios, além disso tem vários armários onde podemos guardar alimentos e outras coisas que trouxemos.

A lavanderia supre bem a necessidade, apesar de ser pequena para estender roupas e por ser descoberta infelizmente nos dias de chuva essa parte da casa molha.

Para resolver essa situação começamos a utilizar o pequeno hall no andar superior como lugar para estender roupas.

Nos quartos existem poucos móveis que nos deixou sem muita opção de onde colocar nossas coisas. Mas, para uma casa de temporada, ela tem o necessário para os viajantes.

Limpeza e Segurança

A casa pega pouca luz solar então acaba sofrendo com mofo em vários pontos, em alguns móveis e nos tetos. Então vez ou outra alguém precisa dar mais atenção a essas regiões.

A rua em frente ainda não foi pavimentada, que gerar bastante poeira para dentro de casa, então com frequência precisamos lavar ou passar a vassoura para tirar a poeira.

É claro que por conta dos gatos, acabamos deixando janelas e portas fechadas que colabora para não entrar tanta sujeira para casa.

Na região de Mariscal o caminhão de lixo passa quase todos os dias, ainda temos coleta seletiva dia de segunda e também coleta de lixo orgânico dias de terça, quinta e sábado.

A rua em si é muito tranquila, os vizinhos quando os encontramos, são bem amigáveis. Nos sentimos muito seguros mesmo com a rua deserta a noite.

Entregas na região

Como estávamos sempre em casa foi tranquilo receber encomendas, mas os vizinhos sempre estão prontos a ajudar.

Mesmo sendo uma região distante, muitos sites não cobram frete. Porém algumas entregas demoram mais do que o necessário devido a programação que as empresas fazem para Bombinhas.

Exemplo o correio só passa uma vez na semana e a transportadora Rodo Naves só faz as entregas dia de segunda-feira. Mas no geral tudo chega bem rápido.

Conclusão

Por ela fica apenas a 450 m da orla de Mariscal então quando estamos com vontade de sair e ver o mar, basta caminhar um pouco ou pegar a bike que o mar está logo ali.

Não só de Mariscal fica perto, mas também de Canto Grande, Praia da Conceição, etc.

A estadia nessa casa está sendo bem tranquila, temos espaço para trabalhar na van e também um lugar bacana para receber parentes e amigos.

Então foi uma escolha bem acertada. Recomendo e voltaria com certeza.

Curtiu o tour pela nossa casa temporária? Deixa um comentário.

Análise Airbnb: São José dos Pinhais

Análise Airbnb: São José dos Pinhais

Na fase de transição entre a mudança de Manaus para Bombinhas passamos duas semanas nessa hospedagem e no post mostro um pouco do lugar e as nossas impressões.

Check-in

No dia que chegamos eram quase 23 horas e ainda assim não houve problema no check-in da casa. A senhora que é a dona da propriedade mora na parte de trás, então foi tranquilo nos receber, mesmo sendo tão tarde.

Os cômodos

Cozinha

A entrada da casa era feita pela cozinha, então depois do minúsculo hall, já estávamos nela.

Cozinha

A cozinha dessa hospedagem estava toda equipada com os eletrodomésticos fogão, micro-ondas, geladeira, liquidificador, batedeira, sanduicheira, cafeteira. Também tinha armários suspensos na cozinha e uma mesa. Além claro de todos utensílios, copos, talheres, pratos, etc.

Lavanderia

Haviam alguns materiais de limpeza disponíveis, como desinfetante, detergente, vassoura, pano de chão, balde, etc.

Estava disponível também uma máquina de lavar, um tanquinho (por onde escorria a água que vinha da máquina) e um varal que utilizamos bastante nas duas semanas.

Lavanderia

Também tinha uma tábua de passar, ferro e um ventilador (que nos ajudou a secar muita roupa!😉).

Foi nesse ambiente que deixamos as areias dos gatos. Então ficava de certa forma separada do restante da casa, se quiséssemos também poderíamos fechar o ambiente, havia uma porta.

Quartos

Segundo Quarto

Eram dois quartos, um menor com duas camas de solteiro, um guarda roupas e uma mesa de escritório.

Aqui também estava disponível os lenções de cama e travesseiros extras.

Quarto Principal

E o quarto principal que tínhamos uma cama de casal, dois criados mudos, uma sapateira e um guarda roupa, que era bem pequeno. Então resolvemos utilizar também o do outro quarto.

Banheiro

Existia apenas um, mas ele era bem amplo, nesse ambiente encontramos toalhas e também sabonetes.

Banheiro

Sala

Na sala havia um sofá bem grande, uma TV bem velinha, mas que quebrou o galho. Era um ambiente amplo então consegui utilizar para fazer exercícios.

Garagem

Era bem espaçosa e cabiam carros maiores com facilidade caso tivéssemos encontrado a nossa van para o projeto Motorhome. Entravámos e saímos por um portão de correr manual.

A região

A localização do Airbnb fica em São José dos Pinhais, bem próximo ao supermercado Atacadão, loja Daju, Cobasi, etc.

Rua

A rua na qual está localizada a casa é bem tranquila, quase não passam pessoas, mais carros. Ficava fácil sair a tarde para dar uma caminhada na região.

Rua

Além disso tinha perto um churrasquinho maravilhoso, um sacolão que vendia hortifrútis bem fresquinhos e uma padaria muito boa próximo também. Sempre que o frio permitia íamos a pé nesses lugares.

Padaria Guimarães

Nossas impressões

Não utilizamos a casa apenas como ponto de apoio, que é o que acontece na maioria das viagens, realmente passamos um tempo considerável na casa. Então pudemos notar pontos positivos e negativos.

Pontos Positivos

Preocupação dos donos com o nosso bem-estar: quando chegamos estava disponível para consumo café em pó, filtro de café e 2 garrafas de água mineral que nos ajudariam pelo menos na chegada. Então já nos deu uma certa tranquilidade.

Nos deram roupas de cama limpas caso quiséssemos fazer a troca no final da primeira semana e também ofereceram mais cobertores se fosse necessário.

Os ambientes estavam bem organizados e cheirosos quando chegamos. Eles se preocuparam em colocar cheirinho em todos os ambientes da casa, que é um detalhe, mas nos agradou.

Uma das poucas hospedagem pet friendly, sem custo adicional que encontramos nessa região. Isso é uma boa vantagem para ela, porque mesmo lugares minúsculos queriam cobrar taxas.

E nessa casa os gatos puderam ficar a vontade, pois era totalmente aprova de escapadas.

Mudando apenas a mesa de escritório para a sala de estar conseguimos gerar dois ambientes diferentes para que cada um pudesse trabalhar, sem atrapalhar um ao outro.

Pontos negativos

Essa casa poderia ter uma calefação melhor. Infelizmente não havia nenhum aquecedor disponível, que fez falta nas duas semanas mega frias que pegamos logo que chegamos.

E por estar localizada entre duas construções ela pegava sol apenas na cozinha no fim da tarde, que não era suficiente para diminuir o frio que ficava dentro da casa.

A pia da cozinha era bem pequena então quando tinha muita louça tivemos dificuldade de encontrar lugares para apoiar o que estava sendo lavado.

Outra situação que incomodou um pouco foi que no mesmo terreno tínhamos 4 construções, uma loja de persianas, a casa que estávamos, uma loja de bolos e a casa dos donos.

Os edifícios no mesmo terreno não geraram nenhum incomodo, o gerou um certo desconforto é que as paredes que faziam a divisão para a loja de persianas eram muito finas, então todo o barulho que faziam na loja acabávamos ouvindo dentro de casa.

Se você quer ver esse tour em vídeo confere o que fizemos.

O que você achou desse Airbnb? Gosta das nossas análises, comenta aí.

Bombinhas: É fácil alugar um imóvel ou muito dificil?

Bombinhas: É fácil alugar um imóvel ou muito dificil?

Durante o processo de busca por aluguéis fizemos uma pesquisa abrangido muitas casas em Curitiba, parte do Paraná e de Santa Catarina.

Se você tem interesse em saber como foi a nossa saga em busca de uma casa nessa região, confere o post.

Várias casas interessantes apareceram durante a nossa pesquisa e entraram no nosso roteiro de visitação.

Mas no decorrer da pesquisa e também durante a viagem que fizemos, a região de Bombinhas foi aparecendo cada vez mais com boas opções de casas.

Vista mirante Bombinhas

Os preços de lá se mostravam muito convidativos, principalmente por ser uma região tão bem recomendada e cheia de praias.

Iriamos entender o porquê de tanta oferta na cidade somente no final da nossa estadia lá.

Que conto para vocês mais pro final deste post.

Saímos da nossa cidade com um roteiro de casas, mas definitivamente Bombinhas estava no topo da lista de preferências, pelas casas, praias e pelos preços dos aluguéis.

Então começou nossa procura

Constatamos uma coisa importante e ela realmente precisa ser compartilhada, as fotos que constam na plataforma do Airbnb enganam demais!

Gente sério!

Chegamos em muitas casas que estavam de-to-na-das.

Várias praticamente abandonadas em ruas que mal passava um carro de tanto buraco.

Uma delas estava toda bagunçada e ficava em um lugar bem estranho.

Várias a casa era linda, mas estava localizada em frente a um terreno baldio (a preocupação são com os mosquitos e outros animais).

Algumas não tinham vizinhos, outras tinham o terreno que era compartilhado com 4 casas!

Algumas estavam bem próximas ao mar, mas não tínhamos um terreno onde pudéssemos trabalhar no nosso projeto Motorhome.

Motorhome

Tínhamos uma lista de exigências que diminuía muito as nossas opções.

Ou seja, foram várias frustrações ao longo de uma semana só!

Estávamos chegamos ao final da viagem e ainda não tínhamos nada! Começamos a nos questionar se estávamos procurando no lugar certo.

A preocupação começou a bater. Um vez que a nossa ida já estava com a passagem marcada e não iríamos voltar atrás.

Tínhamos apenas uma semana para resolver e já estávamos na metade dela.

Pegamos o motorhome começamos a vagar pelas ruas de Bombinhas procurando uma solução

E ela em fim apareceu! E estava na nossa cara o tempo todo, mas não nos demos conta!

E agora o grande aprendizado desta procura.

Bombinhas é uma cidade muito disputada no verão! Ela respira turismo e praia.

Então os proprietários das casas em Bombinhas tem o costume de alugar muito as casas durante as temporadas.

Muitas casas não estão em nenhuma plataforma.

Placa de Aluguel

Os locatários simplesmente colocam placas na frente das casas informando os números de contato para o aluguel, alguns são de imobiliárias.

Não havíamos prestado atenção nesse detalhe, até o momento que estávamos sem rumo.

Então começamos a ver muitas placas, muitas mesmo.

Já com um certo desespero batendo na porta começamos a entrar em contato com todas que conseguimos. Tínhamos pouco tempo e precisávamos resolver a situação.

Depois de falar com várias pessoas, mas sem consegui visitar nenhuma casa.

Encontramos a pessoa que nos ajudou com esse problema.

Como conseguimos fechar esse aluguel

Eis que surgiu a Mari! Em uma das dezenas de placas que vimos.

Telefone

Encontramos o contato dela e finalmente começamos ver o que estávamos procurando!

Casas mobiliadas e que poderíamos alugar por mais tempo. Os valores estavam dentro ou abaixo do que estávamos dispostos a pagar.

A Mari, foi muito gente boa e mostrou todos os locais com calma. Explicando todos os detalhes e buscando sanar todas as nossas dúvidas.

Visitamos ao total 4 imóveis

  1. Um apartamento próximo a região de 4 ilhas;
  2. A casa que escolhemos na região de Mariscal;
  3. Uma cobertura;
  4. E por último mais um apartamento.

Como não tínhamos tempo a perder, fizemos tudo isso em um dia só, ela passou vários momentos do dia nos mostrando imóveis, até de noite!

Então tomamos a nossa decisão pela casa que alugamos.

Se precisar alugar em Bombinhas procura ela.

A realidade de Bombinhas

Eis a resposta para a pergunta inicial deste post.Praia

A realidade é que Bombinhas vive das temporadas.

  1. Brasileira
  2. Argentina
  3. Uruguaia

Então o fato é que os locatários em Bombinhas não querem alugar por muito tempo as suas casas, porque a região é muito visitada por hordas de turistas todos os anos.

Nesses períodos os locatários ganham muito dinheiro, mais do que ganhariam em aluguéis mensais.

Só que a pandemia pegou todos de surpresa.

As fronteiras fecharam e os turistas ficaram impedidos de visitar a região. Além de todos os decretos que também impediram os brasileiros de viajarem.

Então Bombinhas sofreu muito durante o período da pandemia. Muitos imóveis ficaram vazios e os locatários tiveram que ceder e alugar por mais tempo.

Assim, chegamos a conclusão que de certa forma foi fácil para nós alugar por mais tempo em Bombinhas devido a pandemia.

Mas, quando ela terminar e as temporadas voltarem ao normal, o melhores alugueis vão voltar a subir até mesmo para compensar o período de pausa.

E provavelmente os locatários não vão querer alugar mais do que 3 meses para a mesma pessoa.

Então para quem quer alugar por temporada tem oferta de sobra.

Mas, para nós que queríamos por mais tempo agora é a hora de nós conhecermos e aproveitar a região, até mesmo porque não gostamos de multidões. E Bombinhas em breve vai ser invadida por elas.

Mudança – Saga em Busca da Nossa Casa

Mudança – Saga em Busca da Nossa Casa

Esse post é um compilado de lições de quem nunca havia se mudado antes, para quem está pensando no assunto.

Há alguns anos, já estamos pensando em nos mudar.

Primeiro pensamos em mudar apenas de casa sem sair da nossa região. Mas temos o gosto pela aventura e adoramos viajar.

E com o passar de cada viagem percebemos que a nossa região é muito distante do resto do Brasil (mesmo de avião).

E ela vai precisar de muitos anos para desenvolver estradas suficientes para se tornar mais acessível ao resto do pais.

Então diante dessa constatação e depois de muito adiar. Decidimos realmente mudar para outro estado.

A nossa primeira opção sempre foi São Paulo, mas depois da viagem para Curitiba em 2019 ficamos fascinados pela região, então ela passou a ser a primeira escolha.

Assim começamos a nossa jornada.

Por onde começamos a pesquisa?

A nossa pesquisa começou pelo OLX, porém lá só encontramos casas nuas, sem mobília e a nossa intenção era chegar e morar.

Sempre pensamos que seria melhor levar poucas coisas da nossa casa atual. E também não queríamos ter que comprar muitos itens na cidade de destino.

Então percebemos que na verdade estávamos procurando no lugar errado. Deveríamos estar buscando em um site onde encontraríamos casas com alugueis de temporada, ou seja, Airbnb.

Então recomeçamos a pesquisa no Airbnb partindo da cidade de Curitiba.

E aos poucos fomos expandindo o raio para cidades nos arredores.

As cidades menores próximas foram começando a se mostrar bem interessantes. Pois, quase todas tem algum atrativo turístico, mas o que pesou foram a qualidade de vida e o preço dos alugueis.

Então começamos a expandir os nossos horizontes para vários pontos da região do Paraná e Santa Catarina.

Projeto Motorhome: o que ele tem a ver?

Já escrevemos sobre o projeto motorhome que temos para 2021. E ele é um grande divisor de águas na nossa escolha de cidade para viver e também na moradia em si.

Sabendo que precisaríamos de espaço para estacionar um carro grande elegemos algumas prioridades na hora da escolha da nossa futura casa.

  • Ter uma garagem que coubesse uma van (Então obrigatoriamente teria que ser casa);
  • Ter uma garagem que tivesse espaço para trabalhar na construção do Motorhome;
  • Ter dois quartos;
  • Ser mobiliada.
  • Ter espaço para suficiente para duas pessoas e dois gatos sem apertos;
  • Ser um espaço onde os gatos não tivessem acesso a rua (ou pelo menos que pudéssemos colocar algo para a segurança deles).

Então utilizamos essa base para a nossa procura e assim eliminamos várias casas.

Durante a busca percebemos que queríamos morar em cidades menores, mas que ao mesmo tempo tivessem uma estrutura bacana e se fosse possível estar próxima a uma cidade maior.

Isso nos tirou de Curitiba logo de cara. Porém tínhamos o tempo escasso e quando voltássemos precisávamos estar com algo certo.

Assim, criamos esse trajeto para visitar o máximo de casas possíveis.

Critérios para a escolha

Então depois de uma busca minuciosa em muitas casas do Airbnb. Dezenas de casas foram escolhidas.

Então começamos a falar com os locatários, sobre tudo o que iríamos fazer e precisar. Então nos deparamos com as seguintes situações:

  1. Vários não tinham interesse em aluguel mais longos;
  2. Muitos deles não queriam fazer o aluguel por fora do Airbnb. Justificativa: já terem tido problemas ao alugar por fora;
  3. Alguns tinham interesse em aluguéis mais longos, porém não mais que 3 meses;
  4. Alguns não tivemos resposta até hoje.

E nessas situações muitas casas foram sendo eliminadas.

Casas aptas

Quando encontrávamos locatários que tinham interesse em alugueis de pelo menos 3 meses ou mais, fazíamos as seguintes perguntas:

  • Haveria problema em trabalharmos na Van?
  • Aceitavam animais?
  • Qual o menor valor faríamos se fosse um aluguel mais longo e se seria possível alugar sem ser pelo Airbnb?
  • Seria possível visitarmos no período que estaríamos pela região?

Respondidas essas questões as casas entravam ou não no nosso roteiro.

Depois de muitas conversas com os locatários e algumas reviravoltas, partimos para a viagem com 10 casas a serem visitadas na nossa lista.

Que definitivamente foi mudando conforme foi passando o tempo.

Então fizemos um roteiro para que pudéssemos visitar o máximo de casas possíveis, mas também aproveitar a viagem de motorhome.

O processo de escolha

Começamos a visitar as casas e antes fizemos uma lista de tudo o que seria necessário prestarmos atenção na hora da visita.

  • Espaço para trabalhar na garagem e também para estacionar o carro
  • Cozinha com utensílios e organizada
  • Área externa: de preferencia a prova de gatos, precisávamos ver se existia a possibilidade de eles ficarem soltos sem tanta preocupação ou se haveria a possibilidade de telar
  • Testar a velocidade da internet
  • Localização dos vizinhos ao redor
  • Proximidade do locatário

Todos esses fatores foram importantes para a casa ir para o topo da lista ou não.

E com o passar do tempo outras referências foram sendo acrescentadas como:

  • Localização da casa: próximo a terrenos baldios (terrenos sem habitação) e como era a vizinhança;
  • Como era a rua onde a casa estava – se tinha asfalto, se era estreita, se tinha saída;
  • O pagamento da energia era compartilhada ou individual;
  • O que estava incluso no aluguel – como: água, internet, gás e energia;
  • E proximidade com mercados, padarias, etc.

Encontramos casas de todos os tipos, com donos igualmente diversos.

E como encontramos a casa?

Definitivamente não foi pelo Airbnb. É claro que ele nos ajudou a chegar, mas no final…

Foram várias frustrações ao longo de uma semana só!

Estávamos chegamos ao final da viagem e ainda não tínhamos nada! Começamos a pensar: “E agora?”.

Tínhamos demorado tantos anos para decidir nos mudar e agora iriamos desistir? Decididamente desistir não estava nos planos.

A nossa mudança já estava com a passagem marcada e não iríamos voltar atrás.

Constatamos a nossa situação quando estávamos em Bombinhas a cidade que estava entre as nossas queridinhas para passar um bom período de tempo.

Ela ficou entre as favoritas por alguns motivos

  1. Pelas casas lindas que vimos nos anúncios do Airbnb;
  2. Pelo valor dessas casas;
  3. E pelas praias e atrativos naturais.

Estávamos decididos a encontrar um lugar nessa cidade, mas percebemos que nela é muito difícil de alugar por longos períodos.

Até tínhamos outras opções nas cidades que passamos, mas Bombinhas nos encantou por tudo que vimos.

Eis que um milagre aconteceu

Estava bem difícil de conseguir algo que preenchesse as nossas expectativas.

Eis que encontramos a Mari, uma corretora de imóveis da cidade. Somos imensamente gratos a disponibilidade dela em nos ajudar.

Finalmente começamos a ver as casas que estávamos realmente procurando.

Casas mobiliadas e que poderíamos alugar por mais tempo, do que apenas 3 meses.

Os valores estavam dentro ou abaixo do que estávamos dispostos a pagar.

E com isso começamos a perceber a importância dessa profissão. Ela nos mostrou todos os locais com muita calma e explicando todos os detalhes e buscando sanar todas as nossas dúvidas.

E foi assim que conseguimos encontrar a casa em que vamos ficar por 7 meses (foi o máximo que conseguimos).

Se você tem interesse em saber o porque Bombinhas é tão difícil, clica aqui.

Airbnb

A pesquisa no Airbnb não foi em vão, aprendemos que o site tem um objetivo específico de juntar anfitriões e hospedes.

Mas isso não quer dizer que você vá encontrar os melhores imóveis e também valores.

Nos casos de alugueis mais longos, constatamos que vale muito buscar a ajuda de um corretor de imóveis que vai te mostrar as melhores opções que ele tem disponível e dentro do orçamento que você tem.

E você já fez mudança de cidade? Como foi a sua experiência me conta!

Como Organizar a Casa no Dia a Dia – FlyLady

Como Organizar a Casa no Dia a Dia – FlyLady

O método FlyLady me ajudou bastante quando comecei a me organizar. Trazendo um direcionamento por onde começar e assim eu fui acrescentando o meu próprio jeito de fazer as coisas.

Depois de casada fazer a organização das tarefas de casa, foi um dos primeiros desafios que tive, mas também com esse processo que percebi que gosto muito de fazer listas como forma de organizar as minhas ideias e tarefas, além de ser o primeiro passo em direção a começar o meu processo de organização pessoal e profissional.

Sempre digo que os ambientes onde você habita refletem a sua mente.

Cheguei a essa conclusão, simplesmente observando outras pessoas que, quando estão com muitos pensamentos, tarefas, ideias, projetos, acabam deixando um rastro da bagunça por onde passam. E esses lugares são os ambientes onde habitam e trabalham.

Então por perceber que a bagunça estava tomando conta da casa, resolvi procurar alguma solução pra o problema, de forma a ter mais controle da situação. Então descobri o método FlyLady.

E peguei emprestado alguns princípios básicos desse método para utilizar na minha rotina de organização e limpeza da casa.

A solução

  1.  Comecei criando um quadro compartilhado no Trello, onde eu e o Ayrlonn poderíamos ver e fazer modificações sempre que precisasse.
  2. Mapeie quais tarefas que precisariam ser feitas todos os dias, independente do ambiente. Exemplo: tirar o lixo, lavar a louça, recolher copos e pratos da casa, etc.
  3. Em seguida, parti para dividir a casa em zonas e todas as tarefas a serem feitas em cada ambiente.
  4. Para cada zona destinei um dia da semana, onde precisaríamos concluir todas as tarefas em 30 minutos.
  5. Como tenho mais paciência fiquei responsável pela limpeza e organização mais fina como tirar pó dos moveis, devolução das coisas para os seus devidos lugares, etc. O Ayrlonn ficou responsável pela limpeza mais grossa como cuidar do chão de um modo geral, varrer, passar pano, lavar o quintal, jogar o lixo, etc.

Cardápio da semana

Inspirada por esse método também criei o cardápio da semana, uma lista dentro do mesmo quadro do Trello, onde colocamos os cardápios para o almoço e janta da semana inteira.

A cada semana um dos dois fica responsável por fazer o cardápio e assim geramos um cartão novo por semana.

E sempre que alguém esquece de fazer o cartão, aquela pessoa ainda fica responsável por decidir o que vamos preparar em cada uma das refeições.

Desse jeito ninguém fica sobrecarregado e sempre conseguimos utilizar melhor os alimentos que temos na geladeira.

Fazer essa organização no Trello nos trás dinamismo, pois quando queremos saber qual o cardápio da semana, basta olhar lá (isso quando a pessoa não esquece de fazer 😅).

Para não esquecer de fazer o cardápio coloquei uma tarefa a ser feita durante a minha revisão semanal e também na minha agenda.

Para qualquer casa

O método FlyLady serve para qualquer pessoa, casa ou família. E acredito que funcione bem para quem tem funcionária doméstica ou diarista.

Creio que utilizando o método o funcionário ganhe muita produtividade e não precisando perder tempo pensando em quais tarefas deve realizar todos os dias.

  1. Fazer uma listagem de todas as tarefas são obrigatórias de serem feitas todos os dias. Exemplo: cozinhar, levar as crianças na escola, etc.
  2. Dividir a casa em zonas e identificar as tarefas a serem feitas em cada uma.

Além de ganho de produtividade para o empregado, o empregador também saberá o que ele está fazendo em cada dia da semana e terá consciência se pode pedir tarefas extras ou não.

Se o funcionário cozinha também, o cardápio da semana também é uma mão na roda.

Mas, independente de você ter funcionário ou não, fazer um pouco a cada dia você vai perceber a diferença em como a casa se mantem organizada e limpa.

10 passos para o método FlyLady

  1.  Faça sua pia brilhar
  2. Vista-se e calce sapatos
  3. Escreva lembretes para você mesma. Com as prioridades – casa, trabalho e compras.
  4. Livre-se dos hot spots – locais onde a bagunça se acumula.
  5. Separe sua roupa para o dia seguinte
  6. Arrume sua cama
  7. Comece a construir o seu control journal – agenda com as rotinas diárias
  8. Livre-se da tralha por 15 minutos
  9. Anote seus compromissos na agenda, calendário
  10. Siga os 11 mandamentos da FlyLady

11 Mandamentos

  1. Mantenha sua pia limpa e brilhando
  2. Vista-se toda manhã, mesmo que você não se sinta bem para isso. Não se esqueça de colocar sapatos.
  3. Faça as rotinas matinais e noturnas
  4. Não deixe o computador/celular te distrair
  5. Observe suas atitudes. Se tirou algo do lugar, devolva.
  6. Não tente fazer dois projetos de uma vez. Uma coisa de cada vez.
  7. Não coloque fora mais coisas do que você pode devolver em uma hora.
  8. Faça alguma coisa por você todos os dias. Talvez a cada manhã e noite.
  9. Trabalhe o mais rápido que você pode. Isso te dará mais tempo para divertir-se mais tarde.
  10. Sorria, mesmo que você não esteja disposta a isso. Um sorriso é contagioso. Faz sua mente ficar feliz e você será feliz.
  11. Não esqueça de gargalhar todos os dias. Mime você mesma. Você merece.

Então essa é a minha experiência com o método e como eu utilizei para integra-lo ao meu dia a dia. Sempre buscando melhorar as ideias para que se encaixem aos meus objetivos.

Dessa forma consigo manter a casa em ordem e ainda ter tempo para relaxar e aproveitar a vida.

Deitada na Grama

E você como organiza a casa e mantem a limpeza? Me conta nos comentários.