O que fazer em Bombinhas além das praias?

O que fazer em Bombinhas além das praias?

Bombinhas é um dos destinos de quem curte uma praia e verão, mas nem só de praia vive Bombinhas, por lá encontramos atividades para fazer o ano todo.

Sou suspeita para falar de Bombinhas, pois amo a cidade e curto praticamente todas as praias, mas há muito o que ver e fazer por lá além de ficar torrando na praia.

E esse post é para trazer algumas ideias do que fazer em Bombinhas em dias mais frios ou se não curte mesmo praias.

Quer saber quais são? Vem comigo

Trilhas

Se não quer passar o dia na praia e curte mesmo é uma trilha aqui vai a seleção das minhas trilhas favoritas em Bombinhas da mais fácil para mais difícil.

Ilhota

A ilhota fica localizada entre as praias de Canto Grande e Conceição. Na verdade é ela que faz a divisão entre essas duas praias.A Trilha da ilhota pode ser feita com as crianças de tão tranquila. Ela é bem curtinha, definitivamente se estiver com pouco tempo é um passeio que se faz rapidinho, uns 20 minutos já terminou.

Mas se quiser ficar mais tempo, ali você consegue ter momentos de paz e tranquilidade, sem precisar caminhar muito.

Além do mar batendo nas pedras e muita vegetação, ali também existe uma porta que rende belas fotos. Para chegar nessa parte, você precisa se embrenhar um pouco mais na mata, porém sempre seguindo o caminho e é bem fácil de encontrar.

Sepultura

Essa trilha é um pouco mais difícil que a da Ilhota, pois já começa em uma subida, mas no geral ela é feita no plano.

A trilha de Sepultura é feita em alguns momentos em uma mata mais fechada e em outros em campos mais abertos, porém o caminho está sempre bem aparente e fácil de seguir.

No decorrer da caminhada temos alguns pontos de interesse, como a Piscina Natural da Sepultura (não recomendo a descida, somente ver lateralmente) e as pedras duas irmãs. Locais que rendem boas fotos.

Concluindo a trilha você chega na ponta da Garoupa, um lugar propício para fazer um picnic ou apenas aproveitar a beleza da natureza.

Costeira de Zimbros

A Trilha da Costeira de Zimbros é bem mais extensa que as anteriores, mas é feita em sua maioria no plano. Ela passa em vários pontos pelas praias da Costeira que ao total são 10.

Nessa trilha é possível chegar na cachoeira da Praia Triste e também passamos por alguns mirantes onde podemos ver toda a baía de Zimbros, a cidade de Governador Celso Ramos e também alguns pontos do Rio Tijucas.

Trilha Praia da Tainha

Essa praia é a minha favorita e mesmo que o seu destino não seja a praia e sim fazer trilha. Para chegar nessa praia existem algumas possibilidades como ir de carro, barco ou trilha.

A Trilha para a Praia da Tainha compartilha a mesma entrada que da acesso ao Morro do Macaco. Porém em determinado momento elas se dividem.

Ela em sua maior parte é feita dentro da mata, onde em alguns momentos fica mais aberta. Não existem muitos pontos de subida, no geral ela é uma trilha plana, porém não se engane achando que é ela é fácil.

Nessa trilha passamos por mirantes, caverna e algumas praias que só são acessíveis de barco ou quando a maré está baixa.

Ao final da trilha você pode decidir se volta pelo mesmo caminho ou se segue até a praia da Tainha.

Trilha de Quatro Ilhas até o Retiro dos Padres

Essa trilha é mais complicada, porque o caminho para ela não tem sinalização e em vários pontos o mato está bem alto. Para fazer ela recomendo ir com um grupo onde pelo menos alguém conheça a região ou com guia.

Logo depois da primeira subida da trilha temos um mirante que tem a visão para toda a praia de quatro ilhas. Lá além da belíssima visão, existe um banquinho estrategicamente posicionado para que possamos recuperar o folego.

Ali temos outro ângulo de visão de Bombinhas oposta ao que temos no Morro do Macaco.

Nessa trilha podemos chegar ao dedo de Deus ou ir direto para o Retiro dos Padres. Depende muito de quanto tempo você tem para finaliza-la.

A paisagem do Dedo de Deus é espetacular ali existem algumas pedras no local e o mar fica chicoteando elas. Que torna a visão ainda mais impressionante.

Ainda na trilha há uma Pedra mais alta onde quem tem muita coragem consegue tirar boas fotos da região.

Contemplar o Nascer e Pôr do sol

Em vários pontos de Bombinhas é possível presenciar o espetáculo que a natureza dar a cada Nascer e Pôr do Sol.

O nascer do sol é sempre bonito de admirar na praia de Mariscal, e mesmo que você esteja só passando de carro vai se surpreender.

Já o pôr do Sol é bonito de ser ver na praia oposta a de Canto Grande Mar de dentro, o trapiche de Canto Grande tem uma visão perfeita o que torna esse momento do dia ainda mais espetacular.

Na Praça do Pescador que fica no bairro de Morrinhos também é um bom lugar para estar nesse momento do dia.

Morro do Macaco

Fazer a subida no Morro do Macaco vale muito a pena, se puder visitar vá sem medo. Nessa atração você vai conseguir ter a visão do principal cartão postal da cidade.

São cerca de 1,6 km de percurso total com 190 metros de altitude. Dali você vai ver toda a península onde está Bombinhas.

Durante a subida existem dois mirantes da Ilhota e da Conceição. O mais legal dessa atração é que ela pode ser feita em qualquer época do ano, mesmo nos períodos mais frios.

Para subir no Morro do Macaco você não paga nada, então só por isso já vale a visita. Recomendo também que a visita seja feita no nascer ou no pôr do sol, pois é outro lugar que surpreende nesses momentos.

Mirante Eco 360

O Mirante Eco 360 está localizado no mesmo parque que o Morro do Macaco, mas não são a mesma atração.

O primeiro está em uma propriedade particular e paga para entrar, diferentemente do segundo.

Essa atração também tem dois mirantes onde podemos ver Florianópolis e Governador Celso Ramos e um museu de história natural.

Mas a grande atração é o mirante principal onde temos a visão de 360 graus de Bombinhas e de onde sai a tirolesa.

Recomendo a visita principalmente para grupos onde existem pessoas que tem certo grau de dificuldade de locomoção, pois o acesso ao cume é muito mais fácil.

O valor da entrada é R$15 por pessoa, sendo que idosos e estudantes pagam meia.

Passeio pelas lojas de Bombinhas

Se você está procurando onde comprar itens de verão como boias, cadeiras de praia, roupas de verão, no Centro de Bombinhas vai encontrar muitos desses itens com facilidade durante o ano inteiro.

Ali também encontra restaurantes, sorveterias e lanchonetes que torna o passeio ainda mais gostoso.

Na praia de Bombas você pode conferir a feira de verão, ela tem esse nome, mas acontece a noite durante o ano todo.

Lá também acontecem eventos promovidos pela prefeitura como o Balaio Cultural, que normalmente são realizados em feriados, para movimentar ainda mais os turistas.

Caminhar pelo calçadão de Bombas e Passarela do Ribeiro

Se a ideia é só passear ou se exercitar na praia de Bombas você tem um calçadão que atende bem.

E dando continuidade ao trajeto iniciado no calçadão de Bombas, no ano passado foi construída a passarela do Ribeiro.

A passarela liga as três praias: Bombas, Ribeiro e Bombinhas. Mas além disso, é um excelente lugar para passear principalmente a noite, quando a temperatura fica mais amena.

Ali existem vários banquinhos onde pode parar e contemplar a natureza, mas dali também dá para pescar.

Andar de Bike

Bombinhas é uma cidade muito tranquila e segura durante boa parte do ano. E por isso é bem fácil alugar uma bike e passear principalmente pelos bairros Mariscal e Canto Grande que são planos e sem grandes subidas.

É fácil se localizar nesses dois bairros, a maioria das ruas são retas e sem muito trânsito. A única coisa que pode atrapalhar é que algumas ruas são bem acidentadas, por ainda não serem asfaltadas.

Outros bairros como Bombas e Bombinhas o trânsito é mais intenso, mas tem ciclovia em vários pontos.

Alguns pontos requerem um nível de preparo físico maior, principalmente se você resolver sair pedalando de Mariscal para Bombinhas, nesse trajeto tem duas subidas bem cansativas, precisa folego.

Gostou das ideias do que fazer em Bombinhas, além das praias? Me conta ai nos comentários!