Trilha do Morro do Macaco em Bombinhas – SC

Trilha do Morro do Macaco em Bombinhas – SC

Morro do macaco é a nossa aventura de hoje. Essa atração é o cartão postal de Bombinhas, então vem comigo conferir como é a trilha e o que é possível ver desse lugar sem igual.

Pôr-do-sol no Morro do Macaco

Fizemos esse passeio meio na doida, era fim de tarde e de repente decidimos que queríamos ver o por do sol lá no Morro do Macaco.

Então pegamos o carro e nos mandamos pra lá. Infelizmente por o tempo estar apertado não deu para ir de bike e nem de chamar a galera para ir.

Tínhamos cerca de uma hora até o sol se por em definitivo. Então imagina como fomos, correndo para chegar lá em cima.

Dicas para quem vai de Bike

  • Para quem quer ir de bike é possível deixar a ela estacionada no bicicletário na frente da entrada.
  • É aconselhável levar o seu cadeado, para deixa-la mais segura (mas aqui em Bombinhas não vi nem um incidente que me trouxesse insegurança – porém como é um lugar turístico melhor se prevenir).
  • Não aconselho leva-la, só a subida como percurso não permite o uso da bike (a menos que você tenha uma experiência), alguns caminhos são bem íngremes.

O percurso na trilha do Morro do Macaco

A trilha toda é muito bem sinalizada desde o início, logo na primeira subida você já encontra a bifurcação que separa a trilha do Morro do Macaco da Trilha da Tainha – temos um post dela também aqui no blog.

O trajeto tem cerca de 16,km ida e volta e são aproximadamente 190 metros de altitude. No decorrer existem vários pontos de recuperação de folego.

Na subida também encontramos alguns mirantes como da Ilhota e da Conceição, ambos temos a visão das praias de Canto Grande Mar de Fora e Conceição.

No dia que nós subimos havia algumas pessoas saltando de parapente, foi muito legal ver eles voando e também no processo de preparação para a subida.

Faltando apenas 1000 metros encontramos essa placa.

Fizemos a subida em cerca de 30 minutos, porém paramos em vários lugares, para tirar fotos, contemplar a paisagem e aproveitar cada segundo.

A trilha não é tão fácil, tem bastante subidas e alguns trechos mais complicados, requer um pouco de condicionamento físico e atenção.

Se for fazer igual fizemos e estiver querendo ir mais devagar, melhor sair mais cedo, assim faz a trilha com calma e também aproveita o pôr-do-sol que é indescritível.

Paisagem do Morro do Macaco

Logo nos primeiros metros da subida você começa a ter um gostinho do que espera no fim da subida, pois em vários pontos já consegue ver a cidade no horizonte.

Para quem ainda não teve a oportunidade de vir ver, a visão que se tem de lá de cima é da incrível cidade de Bombinhas e de toda a península.

Gente já havíamos visto muitas fotos lá do Morro do Macaco, mas não estávamos esperando em sermos surpreendidos com tanta beleza. Fomos pegos de surpresa.

O lugar inspira muita paz e tranquilidade. Ficamos tão animados com vista que queríamos mostrar para todos, e para quem nos segue no instagram demos uma colher de chá, fizemos uma live no momento que o sol estava se pondo.

Foi realmente surreal, espero voltar lá em breve.

Não esperamos exatamente o pôr-do-sol acabar, quando ele se escondeu atrás das montanhas a nossa frente, já começamos a descer, foram cerca de 20 minutos de descida.

E quando chegamos nas escadarias em frente ao morro do macaco já estava bem escuro, precisamos de lanterna nos metros finais.

Foi uma subida bem corrida mas valeu super a pena, o sol nesse dia saiu e estava lindo e nos proporcionou uma belíssima paisagem.

Para quem não gosta de trilha e quer ter uma paisagem tão linda quanto do Morro do Macaco, recomendo ir ao Mirante 360°. A caminhada é de apenas 200 metros e temos uma visão parecida da península onde está Bombinhas.

Gostou do Morro do Macaco? Deixa seu comentário!

Confere também o vídeo que fizemos de lá.