Roteiro de  Viagem de 1 dia – Bate Volta em Bombinhas – Atrações Gratuitas

Roteiro de Viagem de 1 dia – Bate Volta em Bombinhas – Atrações Gratuitas

[fusion_builder_container type=”flex” hundred_percent=”no” equal_height_columns=”no” menu_anchor=”” hide_on_mobile=”small-visibility,medium-visibility,large-visibility” class=”” id=”” background_color=”” background_image=”” background_position=”center center” background_repeat=”no-repeat” fade=”no” background_parallax=”none” parallax_speed=”0.3″ video_mp4=”” video_webm=”” video_ogv=”” video_url=”” video_aspect_ratio=”16:9″ video_loop=”yes” video_mute=”yes” overlay_color=”” video_preview_image=”” border_color=”” border_style=”solid” padding_top=”” padding_bottom=”” padding_left=”” padding_right=””][fusion_builder_row][fusion_builder_column type=”1_1″ layout=”1_1″ background_position=”left top” background_color=”” border_color=”” border_style=”solid” border_position=”all” spacing=”yes” background_image=”” background_repeat=”no-repeat” padding_top=”” padding_right=”” padding_bottom=”” padding_left=”” margin_top=”0px” margin_bottom=”0px” class=”” id=”” animation_type=”” animation_speed=”0.3″ animation_direction=”left” hide_on_mobile=”small-visibility,medium-visibility,large-visibility” center_content=”no” last=”true” min_height=”” hover_type=”none” link=”” border_sizes_top=”” border_sizes_bottom=”” border_sizes_left=”” border_sizes_right=”” first=”true”][fusion_text]

Esse roteiro é para quem mora em Florianópolis e regiões ou para quem vem para Santa Catarina e tem pouco tempo.

Nesse roteiro de apenas 1 dia vou te mostrar os passeios imperdíveis e que dá para fazer em um bate e volta.

O que fazer em Bombinhas?

Quando penso em Bombinhas, o primeiro passeio que vem imediatamente a mente são as várias praias coladinhas umas as outras.

Há muito o que fazer em Bombinhas, mas nesse roteiro não teremos muito tempo, por isso vamos focar nas principais atrações e mais fáceis de chegar.

Todas os lugares que irei citar atualmente são gratuitos, apesar de algumas estarem em propriedades particulares.

Roteiro Resumido em Bombinhas

Esse roteiro fizemos com um casal de amigos e deu super certo.

Eles ficaram apenas um dia, então tínhamos pouco tempo, mas o suficiente para ver o quanto vale a pena voltar a Bombinhas com mais tempo para aproveitar as praias e lugares incríveis.

[/fusion_text][fusion_gallery layout=”masonry” picture_size=”” columns=”4″ column_spacing=”” gallery_masonry_grid_ratio=”” gallery_masonry_width_double=”” hover_type=”” lightbox=”yes” lightbox_content=”” bordersize=”0″ bordercolor=”” border_radius=”10″ hide_on_mobile=”small-visibility,medium-visibility,large-visibility” class=”” id=””][fusion_gallery_image image=”https://organizo.me/wp-content/uploads/2021/08/passarela-do-ribeiro.jpg” image_id=”3832″ link=”” linktarget=”_self” /][fusion_gallery_image image=”https://organizo.me/wp-content/uploads/2021/08/trilha-de-sepultura.jpg” image_id=”3831″ link=”” linktarget=”_self” /][fusion_gallery_image image=”https://organizo.me/wp-content/uploads/2021/08/praia-mariscal-bombinhas.jpg” image_id=”3830″ link=”” linktarget=”_self” /][fusion_gallery_image image=”https://organizo.me/wp-content/uploads/2021/08/praia-do-ribeiro-bombinhas.jpg” image_id=”3829″ link=”” linktarget=”_self” /][fusion_gallery_image image=”https://organizo.me/wp-content/uploads/2021/08/praia-da-conceicao-bombinhas.jpg” image_id=”3828″ link=”” linktarget=”_self” /][fusion_gallery_image image=”https://organizo.me/wp-content/uploads/2021/08/por-do-sol-sepultura.jpg” image_id=”3827″ link=”” linktarget=”_self” /][fusion_gallery_image image=”https://organizo.me/wp-content/uploads/2021/08/por-do-sol-bombinhas.jpg” image_id=”3826″ link=”” linktarget=”_self” /][fusion_gallery_image image=”https://organizo.me/wp-content/uploads/2021/08/placa-bombinhas.jpg” image_id=”3825″ link=”” linktarget=”_self” /][/fusion_gallery][/fusion_builder_column][/fusion_builder_row][/fusion_builder_container]

 

Esse roteiro é para ser feito boa parte de carro, pois na cidade de Bombinhas não temos transporte público e uma viagem de UBER pode ser um parto para ser conseguida, que inviabilizaria conhecer tudo o que há para ver nesse dia.

Parte da Manhã para Praias

Percorremos e conhecemos as principais praias da cidade de Bombinhas.

  • Parar no Mirante de Mariscal;
  • Praia do Mariscal;
  • Praia do Canto Grande mar de fora;
  • Praia da Conceição;
  • Trapiche do Canto Grande;
  • Praia do Canto Grande Mar de dentro;
  • Praia de Morrinhos.

Recomendação de Almoço – Buraco na Proa

Paramos nesse restaurante pois ele estava na direção de onde estávamos indo. E fica bem na rua principal de Morrinhos O restaurante fica na rua João da Cruz número 43, Morrinhos.

Já havíamos almoçado nele na época que estávamos de motorhome. E fiquei bastante satisfeita com a variedade da comida. Lá existem duas opções ou por Buffet self service ou pode ser no KG. A sobremesa está inclusa na refeição.

Parte da tarde – Passeio em Bombinhas

Nessa parte do dia, fomos conhecer várias praias que ficam bem próximas umas as outras.

Começamos por três praias que ficaram bem famosas por conta da passarela do Ribeiro que foi inaugurada recentemente (Maio/2021).

Bombas e Passarela do Ribeiro

São elas

  • Praia de Bombas;
  • Passarela do Ribeiro;
  • Praia do Ribeiro (recomendo fortemente o banho nessa praia);
  • Praia de Bombinhas.

Inclusive se que ver o tour que fizemos por lá, confere o vídeo.

Em seguida a percorrer a passarela e as praias do centro da cidade, pegamos o carro e fomos para o final da praia de Bombinhas onde percorremos várias outras praias.

Conhecemos as praias:

  • Prainha ou do Trapiche;
  • Praia do Embrulho;
  • Lagoinha (aqui é um bom lugar para fazer snorkeling ou mergulho de superfície);
  • Praia da Sepultura;
  • Trilha da sepultura.

Por do Sol

Finalizamos o roteiro desse dia fazendo a trilha da sepultura que é um percurso de apenas 800 metros da praia até a ponta da Garoupa, como o dia foi bem ensolarado conseguimos ver um lindo pôr do sol.

Outras atrações em Bombinhas

  • Morro do Macaco
  • Praia e trilha da tainha
  • Eco 360° (nele é possível fazer a descida de tirolesa)
  • Mergulho
  • Passear pelo calçadão de Bombas
  • Participar da pesca da tainha
  • Passear pelas lojas do centro de Bombinhas
  • Praia de Quatro ilhas

Como chegar em Bombinhas

Saindo de:

  • Aeroporto Hercílio Luz – são 92,1 km cerca de 1 hora e meia;
  • Aeroporto de Navegantes – são 73,8 km cerca de 1 hora e 25 minutos;
  • Balneário Camboriú – são 39,5 km cerca de 55 minutos;
  • Brusque – são 81 km cerca de 1 hora e 36 minutos;
  • Blumenau – são 107 km cerca de 2 horas.

Dicas Importantes

  • Se possível escolha um dia de sol para visitar Bombinhas, pois assim as paisagens vão estar maravilhosas;
  • Mesmo em dias de sol a água do mar é bem gelada então se prepare;
  • Aconselho vir durante a semana, assim encontra a cidade, praias e pontos turísticos livres de multidão;
  • Evite vir em feriados prolongados e durante o verão. Nessas épocas a cidade fica lotada e as atrações impossíveis de aproveitar. Provavelmente devido ao trânsito na cidade dificilmente você vai conseguir fazer esse roteiro completo em apenas um dia.
  • Durante o verão é cobrada a TPA – taxa de preservação ambiental.
Conhecendo o Jardim Botânico em Curitiba

Conhecendo o Jardim Botânico em Curitiba

O jardim Botânico de Curitiba é nosso passeio imperdível de hoje.

Esse passeio é imperdível mesmo para quem não curte muito visita a pontos turísticos.

Relaxar

A atmosfera no lugar faz você querer relaxar e apenas contemplar as plantas e animais. Então me acompanha nesse passeio tranquilo e gostoso.

O que é?

Jardim Botânico Francisca Richbieter também conhecido como Jardim Botânico de Curitiba.

Endereço?

R. Engo. Ostoja Roguski – Jardim Botânico, Curitiba – PR, 80210-390

Horário de Atendimento

Todos os dias das 06h às 18h – horários sujeitos a alterações devido aos decretos da Pandemia.

No dia que fomos tanto a estufa quanto o jardim das sensações estavam fechados 🙁

Precisa de agendamento?

Somente para o Jardim das Sensações.

Como é a experiência?

Na mudança para Bombinhas resolvemos passar duas semanas em São José dos Pinhais e Curitiba tá bem ali do lado, então apesar de já conhecer o Jardim, queríamos revisitar esse lugar que sempre nos convida a relaxar.

Fomos no fim de maio, então o clima está bem frio. Nessa época do ano melhor ir um pouco mais agasalhado.

A entrada no Jardim é gratuita, assim como também o estacionamento. O estacionamento existem várias vagas, mas em dias mais movimentados você tem certa dificuldade em encontrar alguma disponível.

Mapa

Logo na entrada você tem o mapa do Jardim, que é possível ver toda a extensão do parque.

Infelizmente fomos com um pouco de pressa, tínhamos menos de hora para explorar o jardim, então procuramos fazer o máximo que deu, mas acho que é um lugar que dá para passar uma tarde inteira.

No Jardim existe também um centro de informações turísticas.

Caminho Principal

Para quem quer ver a estufa basta seguir a trilha principal. No caminho você já se depara com várias flores, plantas e aves, que torna a caminhada até o cartão postal ainda mais empolgante.

Infelizmente no dia que fomos a estufa estava fechada devido ao decreto da pandemia, então apenas conseguimos fotografar por fora.

Avisos estufa

Mas o jardim das 4 estações estava aberto e da ultima vez que nós fomos ele não estava. Então aproveitamos para conhecer algo novo no jardim.

Quatro estações

Lá encontramos representadas as 4 estações em forma de jardim. Um passeio bem gostoso, mas estava obrigatório manter a máscara.

Pegando a direita do jardim das 4 estações, encontramos o jardim de mel.

Além dessas atividades, é possível fazer caminhadas ou apenas contemplar os espaços que são muito bem cuidados. Pena que não conseguimos passar tanto tempo quanto gostaríamos, mas o tempo que passamos foi o suficiente para aproveitar.

O que pode melhorar?

O que pode melhorar é a questão do estacionamento que poderia ter mais vagas, ainda mais que é um ponto turístico muito visitado por todos turistas e também curitibanos.

Quanto ao foco principal que são os jardins: Todos são extremamente bem cuidados, então não há o que melhorar, apenas manter o que já existe.

Conclusão: a minha opinião

Esse é um passeio imperdível para mim, pois além de ser gratuito, o lugar é lindíssimo e vale a pena reservar algumas horas da sua viagem para ele.

É um passeio que vale a pena fazer, mesmo que você já tenha feito alguma vez. Sempre há coisas novas acontecendo.

Até mesmo porque dependendo da época do ano o cenário vai estar complemente diferente.

Além de um ponto turístico para os visitantes, os locais também aproveitam para caminhar e estar em contato com a natureza.

Jardim Botânico Curitiba

Recomendo muito esse passeio em Curitiba.

E você já conhece o Jardim Botânico de Curitiba? Me conta a sua experiência e se não conhece quando pretende fazer uma visita?

Conhecendo o Oceanic Aquarium em Balneário Camburiú

Conhecendo o Oceanic Aquarium em Balneário Camburiú

No caminho de ida para Bombinhas, estávamos próximo de Balneário Camboriú e vimos uma propaganda na estrada indicando o Oceanic Aquarium.

Então como gostamos muito da vida marinha, resolvemos fazer um pequeno desvio no nosso roteiro e dar uma conferida nessa atração.

Como é a experiência?

São ao todo três andares que podemos visitar.

Começamos o tour pelo andar mais alto, onde primeiramente você tira algumas fotos e compra se quiser.

Sinceramente só não comprei porque não era permitida tirar a máscara para as fotos, então acho sem noção ter que pagar caro para ter uma foto com máscara. Já não basta as que nós mesmos tiramos.

Máscara

Sei que é uma norma de prevenção e muitas atrações estão exigindo que seja mantida a máscara, mas é uma recordação de um momento que queremos esquecer. Então não fico animada em pagar.

Terceiro andar

Seguindo o passeio…

Nesse mesmo andar ficam os aquários de água doce, com várias espécies diferentes.

Tem esse aquário lindo logo na entrada.

Aquário de Entrada

E em seguida você conduzido a um universo de outros peixes e repteis de água doce. Como o gigantesco pirarucu, o jacaré-do-pantanal, tucunaré, arraias e tartarugas.

Tartaruga

Ali também ficava o habitat de uma brincalhona lontra.

Lontra

Mais a frente havia uma grande diversidade de aquários, asiáticos e várias espécies de peixes diferentes.

Dois peixes

Seguindo em frente passamos por um ambiente incomum. Uma área dedicada aos pássaros, eles ficam soltos em uma região e podemos fazer a observação deles.

Pena que na hora que passamos eles estavam todos escondidos, pois havia acabado de ter uma limpeza que assustou eles. Acabei esquecendo de tirar foto do ambiente.

Segundo andar

Temos uma exposição da artista Arlene Dellatorre ela mora na região e utiliza apenas materiais reciclados para produzir suas obras.

Arlene

Com essa exposição somos impactados com a quantidade de lixo que são tirados todos os anos dos nossos mares.

Primeiro andar

Ficam os aquários de água salgada. Nesse ambiente podemos ver espécies como o popular peixe palhaço, medusas, polvos, pinguins, etc.

Peixe Amarelo

Além poder ver mais de perto corais e conchas fora do ambiente marinho.

Conchas

Mas a grande atração fica para o final…

Um gigantesco aquário com várias espécies de animais marinhos entre elas alguns tipos de tubarões, que ficam passeando por ali em quanto todo mundo fica tentando tirar uma boa foto deles.

Tubarão

O que pode melhorar?

O valor do estacionamento poderia estar incluso no valor do ingresso, já que na entrada inteira, este é bem alto.

É um passeio para toda a família e acredito fortemente que vale a pena apoiar esse tipo de iniciativa. Que tem o objetivo de trazer as espécies mais próximas do convivo dos humanos, mas também trazer a conscientização na questão da preservação dos ambientes aquáticos.

Gostamos muito da experiência e recomendo.

O que é?

Aquário com espécies de água doce e salgada.

Endereço?

Rua 4000, 133 / Barra Sul Balneário Camboriú / SC

Instagram?

https://www.instagram.com/oceanicaquarium/

Site?

https://oceanicaquarium.com.br/

Horário de Atendimento?

Seg a Sex. 09h às 18hSáb e Dom. 09h às 19h. Entrada permitida até 1h antes do encerramento.

Precisa de agendamento?

Não.

Tempo de Passeio?

Fizemos em aproximadamente em uma hora, vendo tudo com calma e sem pressa.

Valor?

Entrada inteira 48,00 por adulto. Meia entrada 24,00. E 10 reais a hora do estacionamento.

Fizemos um vídeo da nossa visita confere lá.

E você já conheceu o aquário em Balneário Camboriú? Me conta o que achou?

Ou se pretende visitar em breve? Me conta depois o que achou.

Passeio Imperdível em Campos do Jordão – Parque Amantikir

Passeio Imperdível em Campos do Jordão – Parque Amantikir

Tivemos pouco tempo em Campos do Jordão, mas ir no Amantikir era obrigatório no nosso roteiro. Já tínhamos ouvido falar várias vezes sobre os jardins e não dava para perder a oportunidade.

O que é?

Um parque onde a principal foco são os jardins. As opções de cenários para contemplar e se maravilhar com a natureza são muitas.

Portal Jardim Japonês

Endereço?

Rua Simplício Ribeiro de Toledo Neto, 2200 – Gavião Gonzaga, Campos do Jordão

Horário de Funcionamento?

Aberto todos os dias do ano, inclusive feriados, natal e ano novo (inclusive nós fomos no dia 31/12 pela manhã), das 09:00 às 16:00. Os visitantes entram até as 15:30 e podem permanecer até o fechamento do parque.

Precisa de agendamento? Não.

Ingressos: Inteira – 60,00 Meia – 30,00

WEB

Instagram? https://www.instagram.com/amantikir/

Site? http://www.parqueamantikir.com.br/

Como é a experiência?

Chegamos no parque logo que ele abriu, inclusive é uma recomendação para quem quer visitar com calma, quanto mais tarde vai ficando maior a quantidade de pessoas que estarão no parque e mais filas haverão. Além das filas, dependendo da época do ano o sol vai estar escaldante.

Procuramos percorrer todo o parque seguindo o mapa, fizemos em cerca de 2 horas, andando sem pressa, parando para tirar fotos em vários lugares, ficando em algumas filas para fotos e principalmente contemplando a beleza da natureza.

Carrinho de flores

Dica: Fomos no verão então se houver uma fila para tirar fotos, não recomendo passar direto dela com o intuito de voltar depois, melhor enfrentar a fila de uma vez, pois sempre estarão chegando novos grupos para a visitação então as filas não diminuem.

O que gostei muito!

Gostei bastante de terem se preocupado em fazer pontos com suporte para celulares, assim era possível tirar fotos com ângulos perfeitos, mesmo se tiver sozinho consegue garantir uma bela foto.

Moldura
O Labirinto Clássico de Grama, também é outro ponto alto dos jardins, ele engana no início parece fácil, mas teve muita gente perdida lá dentro 😂

Labirinto
E todo o esplendor dos jardins me deixou maravilhada, ainda mais que adoro tirar fotos de flores. Então muitos clicks da nossa pasta de wallpapers do pinterest foram de lá. Confere alguns.

O que pode melhorar!

O valor do ingresso é bem alto, ainda mais se forem dois adultos com pagamento de inteira.

Eles só aceitam cheque, dinheiro ou transferência eletrônica. As formas de pagamento deveriam ser atualizadas para aceitar cartão ou pix. É bem difícil andar com o valor de dois ingressos inteiros em espécie na carteira, acabamos tendo que fazer transferência eletrônica, mas o sinal da nossa rede estava bem ruim e o wi-fi do parque não estava funcionando, então perdemos bastante tempo.

Havia muita gente no local no dia, então acredito que o parque poderia limitar mais os tamanhos dos grupos e o tempo entre cada um, até mesmo para não gerar filas e aglomerações.

Por ser fora da cidade, cerca de 12 km do centro do Capivari, o parque fica um pouco vulnerável na questão da segurança. Dias depois da nossa visita vimos uma notícia que havia tido um assalto no local, então o parque precisa reforçar a segurança.

No quesito acessibilidade também dificulta um pouco, pois não passa transporte público no bairro. Ainda bem que estávamos de carro

Conclusão

Fiquei bem impressionada com todos os jardins, é perceptível que são muito bem cuidados e que o parque sempre busca trazer novos atrativos. Inclusive passamos por uma parte que estava em obra, então em breve algo novo vai estar surgindo por ali.

Casa na Arvore

E você conhece o parque? Compartilha comigo nos comentários.

Você já viu nossa seleção de wallpapers de flores lá no pintrest? Segue lá!

Fonte: Site do Parque Amantikir

Passeios Imperdíveis: O que fazer em Manaus?

Passeios Imperdíveis: O que fazer em Manaus?

Sendo Manauara é impossível não sugerir o que fazer por aqui, temos várias experiências que são realmente imperdíveis.

Criei uma lista que do meu ponto de vista, como moradora, são experiências obrigatórias de serem feitas quando vier a Manaus.

Experimentar a Culinária Amazonense

Todo mundo que já veio a Manaus pelo menos uma vez é encantado por essa culinária sem igual.

Há opções de comida regional para todas as refeições. No café aquela tapioca com tucumã, que pode virar também um x-caboquinho (pão com tucumã, banana frita, queijo e ovo) levinho né?

Temos muitos cafés regionais espalhados pela cidade com varias opções de café regional 😋 esse da foto é o básico que fazemos no dia a dia.

Café e Almoço

Para o almoço recomendo muito a nossa sardinha frita, o tambaqui assado, pirarucu de casaca e farofa de banana. Esses pratos fazemos bastante em casa, mas também temos vários restaurantes com essas delícias. Manaus é bem famosa pelos peixes, e todo mundo que vem procura e quer experimentar. E com certeza vale a pena.

Sardinha

Pro jantar, temos o açaí com tapioca, aqui diferente do de Belém, colocamos açúcar e costumamos tomar ele na versão frozen. Além dele, temos o tacacá. Todos esse pratos são vendidos na cidade em muitas versões e em vários pontos turísticos como a Ponta Negra e o Teatro Amazonas.

Vir a Manaus é experimentar todas essas delícias. É impossível sair daqui sem amar algum desses pratos.

Temos até o ditado que: “Quem como Jaraqui não sai mais daqui”.  Inclusive jaraqui é outro peixe que super recomendo.

Tour pelo Rio Negro

Nesse passeio somos levados a conhecer várias atrações em um dia só como: encontro das águas, nadar com os botos, visitar tribo indígena, ver as vitórias régias, pesca de pirarucu e caminhada na mata.

Além é claro de uma delícia de almoço regional.

Ponte sobre o Rio Negro

Ponte Manaus - Iranduba

Nesse passeio vemos a ponte Manaus-Iranduba por outro ângulo, bem mais nítida e sem outros elementos que atrapalham visualiza-la. Uma ótima oportunidade de tirar boas fotos.

Encontro das Águas 

A seguir somos levados para ver o encontro das águas que é um espetáculo, chegamos até parar um tempo para que todos possam tirar fotos e apreciar a vista, porém não ficamos por muito tempo.

Encontro das Águas

Nado com o Boto

Não sou muito fã desse tipo de interação com animais, por isso não cheguei a entrar na água nessa parte, mas faz parte desse passeio.

Também existe um outro ponto na parte da caminhada da mata que você interage com bicho preguiça, jacaré e outros animais, chegamos a mostrar no vídeo, mas não tirei fotos pois não sou a favor, porque sei que isso estressa os animais por serem tirados dos seus ambientes naturais.

Nado com os Botos

Caminhada na Mata

A caminhada na mata é bacana, o guia vai mostrando várias árvores e explicando as curiosidades sobre como as cheias do rio Amazonas interferem naquela região.

Abaixo é uma árvore centenária e gigantesca de Sumaúma.

Árvore enorme

Tribo Indígena

Outra parte de destaque do passeio é a visita a tribo indígena, onde vemos uma espécie de ritual e até chegamos a participar dele.

Lá também temos a oportunidade de experimentar um tipo de farinha mais rustica do aquela que encontramos no supermercado, e também a farinha de peixe, mas a grande sensação é provar as formigas (não senti gosto de nada, então ok).

Tribo Indígena

Fizemos um vídeo falando e mostrando um pouco desse passeio, se quiser ver mais detalhes, confere o vídeo abaixo.

Ponta Negra e Teatro Amazonas

Mesmo se tiver pouco tempo em Manaus, esses são os nossos dois cartões postais que merecem uma visita. Ficam dentro da cidade então é possível visita-los com pouco tempo.

Teatro Amazonas

No Teatro, se você tiver tempo recomendo fazer a visita guiada (e gratuita para quem é do Amazonas). Nesse passeio você conhece todos os ambientes que compõem a arquitetura do Teatro, além de saber várias curiosidades sobre o local. A visita pode ser agendada.

No teatro temos um amplo calendário de espetáculos durante o ano inteiro (agora infelizmente prejudicado pela pandemia). Lá já fomos para espetáculos de música clássica, dança contemporânea, espetáculos de natal, etc.

Lá onde encontra-se muito da cultura Amazonense. É possível obter mais informações sobre espetáculos e visitação através do site da Secretaria de Cultura

Teatro Amazonas

O teatro fica localizado no Largo de São Sebastião no centro de Manaus. No Largo encontramos também várias lojas que vendem quitutes da culinária Amazonense e também a Igreja de São Sebastião (que também recomendo a visita, pois a igreja é muito bonita).

Ponta Negra

A Ponta Negra é a nossa praia de água doce. Lá encontramos um extenso calçadão que é perfeito para fazer um passeio no fim de tarde, também há espaço para quem quer fazer caminhadas ou corridas.

Tem também quadras de areia, locais para fazer piquenique ou você pode apenas passear no fim de tarde e se encantar com o nosso pôr-do-sol.

Ponta Negra

Antes da pandemia nos dias de quarta e domingo tínhamos a faixa liberada, onde a faixa dos carros ficava fechada e aberta para os pedestres, assim era possível caminhar, correr, andar de patins, com uma faixa mais extensa. Espero que volte depois que passar a pandemia.

Musa

O Jardim Botânico de Manaus fica localizado na reserva Florestal Adolpho Ducke.

Musa

Fizemos esse passeio já faz algum tempo, até mesmo porque a reserva fica um pouco distante de onde moramos, então acabamos visitando com um grupo que estava caçando Pokémon (logo que foi lançado o aplicativo).

Visitamos o viveiro de orquídeas e bromélias e também o lago onde encontramos a vitória régia.

Vitória Régia

Além de aquários e laboratórios experimentais de serpentes, de insetos e de borboletas, para quem tem curiosidade de saber mais é um bom lugar para novos aprendizados.

Temos também uma trilha pela Floresta onde recebemos muitas informações sobre a fauna e flora amazonense.

Vista da Torre de Observação

Mas, a grande atração do Musa é a Torre de observação ela tem 42 metros de altura, são muitos degraus até chegar no alto, mas vale super a pena. Lá de cima tem-se uma bela vista das árvores, eles recomendam fazer o passeio ao nascer-do-sol, no nosso caso pegamos o fim de tarde, que também foi lindo.

Altura da Torre

Atualmente para visitar o Musa pode-se fazer o agendamento através do site.

Cachoeiras de Presidente Figueiredo

Presidente Figueiredo fica a cerca de 127 km de Manaus e o município faz parte da região Metropolitana de Manaus, o acesso é pela BR-174.

Sem dúvida as principais atrações que temos são as cachoeiras. São mais de 150 cachoeiras catalogadas na região.

Algumas são bem próximas a BR, mas outras você precisa fazer alguma trilha, contudo todas essas que recomendo o acesso é bem fácil.

Muitas delas você paga para entrar, normalmente é um valor por carro. A única gratuita é a corredeira de Urubui, que fica dentro da cidade.

Todas elas são incríveis, mas vou deixar as imagens falar por si mesmas.

Cachoeira dos Pássaros

Cachoeira do Passarinho

Cachoeira de Iracema

Iracema

Cachoeira Santuário

Santuário

E a nossa favorita e a mais fácil acesso: Asframa.

Asframa

A melhor época para visitação é durante o período de seca, entre junho e novembro, mas como moramos em Manaus acabamos em várias épocas do ano.

Infelizmente no ultimo ano não conseguimos ir, devido a pandemia pois muitas vezes as estradas intermunicipais ficaram fechadas, mas pretendemos ir em breve.

Queremos fazer um vídeo mostrando para vocês, algumas das nossas cachoeiras favoritas.

Praticar SUP no Rio Negro

Fazer Stand Up Paddle (SUP) no Rio Negro é um passeio bem divertido e que recomendo muito.

Na época que fizemos o ponto de partida foi saindo de uma marina, estávamos em quatro pessoas, mas além do nosso grupo tinham mais pessoas.

SUP

O grupo era acompanhado por um instrutor, que também tirava fotos nossas.

Fazer SUP no Rio Negro é bem tranquilo, no lugar onde fizemos não havia tanta correnteza a menos aquela gerada pelas lanchas e barcos que passam a uma distância segura.

Foi um excelente fim de tarde, com um exercício que trabalha o corpo inteiro e muita diversão.

É claro que temos muito mais maravilhas por aqui, mas para esse post não ficar gigante deixa para uma outra oportunidade.

E você conhece Manaus? Já foi encantado por essa terra? Me conta aí nos comentários como foi a sua experiência.

Se não conhece coloque na sua agenda conhecer esse lugar lindo. E me conta o que achou das dicas e o que você gostaria que eu falasse mais sobre Manaus e arredores.