Quanto custa viajar para São Paulo por três dias – Litoral Norte

Quanto custa viajar para São Paulo por três dias – Litoral Norte

Nesse post quero compartilhar o custo de uma viagem de três dias no Litoral Norte de São Paulo durante o período de alta temporada. 

Essa viagem aconteceu entre os dias 18 e 21 de dezembro, se você quer ver o roteiro completo, confere aqui

Transporte aéreo

Saindo de Manaus para São Paulo pagamos cerca de 920,52 reais para duas pessoas. Esse valor saiu bem em conta por três motivos. O primeiro foi que compramos a passagem por milhas e o segundo foi que compramos com alguns meses de antecedência. E o último é que durante a pandemia as companhias aéreas estavam fazendo muitas promoções e tarifas mais flexíveis. 

Onde ficamos hospedados 

Encontramos a Pousada Recanto das Margaridas, que fica localizada na praia de Boiçucanga, coladinha com a badalada Maresias. 

Pousada

Nessa região os valores das hospedagens ficam mais em conta do que a praia vizinha. Pagamos R$917,00 pelas três noites que ficamos. 

A pousada é muito boa, foi mais em conta que vários Airbnb que vimos, além disso ainda tinha café da manhã incluso na diária, fator determinante para decidirmos ficar lá.

Ficar um pouco mais distante só foi benéfico pois estávamos de carro, vale a pena colocar na balança se é melhor pagar mais caro na hospedagem e se locomover de Uber ou se é melhor alugar um carro

Aluguel do carro

Falando em carro vamos a ele.

O aluguel do carro foi um dos principais itens que deixou a viagem mais cara, pagamos cerca de R$100,00 por dia de locação.

Normalmente alugar carro em São Paulo é algo bem mais em conta, mas tiveram dois fatores que determinaram o preço, a pandemia e a alta temporada. 

O carro que locamos era apenas com ar e direção hidráulica,  era realmente um carro básico sem luxo e com um valor bem alto que o normal. 

De gasolina pagamos cerca R$211,26 e de pedágios R$44,20 em um trecho de 472 km ida e volta para São Paulo.

Não houveram valores de estacionamento, nós conseguimos economizar alguns trocados, pois na região é relativamente fácil estacionar na rua, mesmo durante a alta temporada, mas precisa ter paciência.  

Passeios 

Neste roteiro não realizamos passeios com nenhuma empresa, passeamos pelas praias e região por conta própria de carro, então nesse ponto apenas gastamos combustível. 

Mirante

Alimentação 

Para roteiros dentro do Brasil, estimamos uma média de R$100,00 por dia e por casal, é claro essa média varia muito de um estado para o outro. 

Republica das Bananas

Nesse roteiro pagamos R$426,96. divididos entre o almoço e o jantar. Sendo que em uma das noites fomos a um lugar mais sofisticado para comemorar os nossos 5 anos de casamento.  

Outros Custos 

Gasto com Frutas na estrada foram mais R$40 que depois me arrependi. 

Frutas

Uma canga na praia no valor de R$50. E um protetor solar no valor de R$ 68 (estávamos precisando de ambos).  

Em resumo 

O custo dessa viagem de 3 dias foi o seguinte:

Planilha

Então esses foram os valores que investimos para ter a experiência de conhecer parte do Litoral Norte de São Paulo. Nós pretendemos voltar em breve para ter uma estadia mais longa e quem sabe fazer muitos outros passeios.

Confere também o nosso roteiro nessa região para te inspirar.

Te convido a deixar um comentário, falando da sua própria experiência de planejar uma viagem. 

 

Roteiro de 3 dias Litoral Norte de São Paulo

Roteiro de 3 dias Litoral Norte de São Paulo

O litoral norte de São Paulo é bastante conhecido pelas suas praias e tiramos alguns dias para conhecer esse paraíso.

Esta viagem aconteceu em comemoração aos nossos 5 anos de casamento.

Então compartilho com vocês o roteiro que fizemos para várias praias no período do verão brasileiro.

São Sebastião

Nosso Roteiro

Dia 18/12/2021

– Chegamos no Aeroporto de Guarulhos de manhã, porém tínhamos algumas coisas para fazer em Campinas e em Bragança Paulista, antes de seguir para Boiçucanga.

– Pegamos a estrada de Bragança Paulista para Boiçucanga apenas a tarde e foram cerca de 4 horas de viagem.

– Tivemos que parar no meio do caminho, pois como eu havia dormido pouco no avião, estava com as baterias bem baixas e precisava descansar nem que fosse um pouco, pois pela previsão do mapa chegaríamos na nossa hospedagem tarde.

– Paramos em um posto por cerca de uns 40 minutos, descansei dentro do carro uns 15 minutos e aproveitamos que a conveniência era bem grande, fomos ao banheiro, lavamos o rosto e pegamos um sorvete para comer no caminho.

– Chegamos na rua da pousada e ainda ficamos meio perdidos pois o airbnb nos mandou para o caminho errado, mas ligamos para a hospedagem e foi fácil encontrar.

– Esse dia foi bem cansativo então, quando chegamos na hospedagem apenas deixamos nossas coisas, tomamos um banho e fomos procurar algo para comer.

– Depois disso voltamos para a pousada e fomos dormir, pois o dia foi bem longo.

– Não contei esse dia no nosso roteiro, pois ele não foi exatamente conhecendo a região.

19/12/2020

Mirante

– Tiramos o dia para explorar as muitas praias da região e escolher uma para voltar outro dia e aproveitar o dia nela.

– O nosso objetivo nesse dia era ver o máximo possível de praias então pegamos o carro e procuramos explorar a região.

– Começamos o dia indo para as praias que estavam mais distantes, mais ao norte. E fomos voltando em direção a Boiçucanga.

– Almoçamos no Tanguará

– Depois de um dia inteiro rodando pelas praias, voltamos a hospedagem e nos arrumamos para comemorar nos 5 anos de casados.

– Jantamos no República das Bananas

20/12/2020

– Resolvemos ver as outras praias ao sul de Boiçucanga

– Almoçamos no Rancho do Gaúcho

– Aproveitamos as Praias de Boracéia e Juréia

21/12/2020

– Devido a alguns problemas que identificamos no carro, resolvemos ir até a agência da Localiza de São Sebastião. Não conseguimos trocar de carro devido a alta demanda da temporada de verão. Resolvemos ficar com o carro que estávamos e buscar uma solução no dia seguinte em Guarulhos.

– Aproveitamos parte do dia na praia de Guaecá

– Almoçamos novamente no Tangará

– Fomos para a praia de Maresias: ela estava como sempre com muitas ondas, não entrei na água, fiquei receosa devido a chuva que estava chegando, o Ayrlonn aproveitou a água e falou que estava muito boa, eu apenas molhei os pés.

– Jantamos: no Vila Pastel

– Passeamos no Boiçucanga Shopping, que fica bem em frente a praia

– Arrumamos as coisas, pois iriamos embora no dia seguinte.

Atividade de destaque

Definitivamente para quem gosta de praia, essa região contempla todos os gostos. O que é bem interessante é que as praias ficam próximas umas das outras, então facilita chegar de carro.

A estrada é muito boa apesar de estar grande parte na serra.

Praias

– Como são muitas praias precisamos escolher então apenas passamos pela Praia Grande e Pitangueiras, não chegamos a descer.

– Praia de Baraqueçaba, descemos e andamos um pouco na areia. Mar bonito com ondas tranquilas, bom para levar as crianças.

– Praia de Guaecá: praia bonita e com ondas mais agitadas. Escolhemos voltar nela para passar mais tempo.

Guaecá

– Praia Toque Toque Grande: faixa de areia é bem pequena, mar mais agitado, pouca gente no local.

– Entre as duas praias de Toque Toque existe uma cachoeira na estrada, que é uma pequena caminhada de uns 50 metros.

Cachoeira Toque Toque

– Passamos por Toque Toque pequeno e seguimos direto para Santiago.

– Santiago praia bonita, mar com ondas mais agitadas. Para quem prefere mais tranquilidade melhor buscar outra praia.

– Praia do Paúba: tem um estacionamento bem perto da praia, tem uma parte com pedras onde ficam menos pessoas. O mar atende todos os gostos partes mais calmas ou mais agitadas. Faixa de areia mais extensa.

– Maresias: mar bem mais propicio para Surf e stand up paddle, sem dúvida bem mais agitado. Várias lojinhas de roupas de banho, restaurantes e hospedagens.

Maresias

– Boracéia: Praia tranquila, boa para levar as crianças. Para quem quer caminhar tem uma boa extensão. Não encontramos um estacionamento, por isso acabamos colocando no hotel Salvetti que fica do outro lado da avenida.

– Jureia: praia muito tranquila, uma infraestrutura excelente – estacionamento muito perto da praia, vários locais com sombra. Não havia muita gente (mesmo sendo domingo). Mar bem gostoso e sem ondas muito grandes.

– Na maioria dos estacionamentos próximos a praia, mas precisa caminhar alguns minutos para chegar, pelo menos eles existem, e alguns não tem pagamento, que torna fácil estacionar.

Onde comer

  • Tanguará restaurante: comida justa e gostosa. Acabamos indo lá duas vezes. O restaurante fica dentro de um mercado que vende de tudo um pouco, compramos um vinho.  Porém em muitos itens os valores do mercado são bem mais altos.

Tanguará

  • República das Bananas, restaurante bacana, comida gostosa, ambiente legal com música ao vivo. As únicas reclamações é a demora na comida pois estava bem cheio e poucos garçons para atender a quantidade de mesas. Voltaria e indico.

Republica das Bananas

  • Rancho do Gaúcho: restaurante no estilo buffet, valor do quilo R$59,90 reais. Comida variada e gostosa, recomendo e voltaria. A única crítica que tenho ao local é que era muito quente, pois havia um fogão a lenha onde eram mantidas as comidas e um churrasqueira dentro de um ambiente parcialmente fechado, os ventiladores disponíveis não eram suficiente para suprir o calor intenso.
  • Vila Pastel: comemos uma coxinha bem gostosa e tomei um café e o Ayrlonn um chocolate quente. Valeu a pena um dos lugares que achamos mais baratos os lanches.

Não recomendo

–  Carro de que vende frutas na estrada: Gastamos 40 reais nessa roubada.  Parecia que eu estava de volta ao mercado municipal de São Paulo, onde o vendedor achava que eu ia querer levar tudo o que ele estava me oferecendo, frutas mega caras, gostosas mas não compensam pelo valor. Eles querem que você prove todas as frutas e definitivamente precisa ter pulso firme se não acaba comprando muito além do que gostaria.

Onde ficamos em São Sebastião

Muita gente costuma escolher Maresias como ponto de hospedagem, mas ao pesquisar percebemos o quanto o valor da diária nessa região é muito superior ao de outros praias menos badaladas. Por isso acabamos decidindo ficar em Boiçucanga.

Ficamos na Pousada Recanto das Margaridas valeu muito a pena a estadia, na rua onde ela está localizada é uma onde ficam várias outras, então sempre é possível encontrar um quarto disponível.

Essa teve um custo benefício muito bom, pois estava no preço dos Airbnb e é realmente uma pousada, com um café da manhã bem gostoso. Os funcionários são gentis e prestativos.

Os quartos tem uma vista para muito boa para a piscina e fica em um parte bem tranquila da rua. Inclusive deixamos o nosso carro fora da propriedade e esquecemos o vidro aberto e nada foi mexido!

No quarto sentimos falta de algumas pequenas coisas como: uma mesa e uma cadeira para poder usar o computador, uns copos e utensílios caso precisássemos (e precisamos, mas pedimos emprestados da cozinha que foi tranquilo).

Voltaria e recomendo.

Pousada

Impressões Gerais

Boa parte das praias não tem quiosques que vendem refeições, apenas petiscos, bebidas, drinks. Muitos carrinhos vendendo de açaí, picolé, milho paulista, etc.

A região de Boiçucanga tem uma infraestrutura ok, as ruas são bem estreitas e algumas precisando melhorar o asfaltamento.

Os preços em geral de muitos itens básicos são bem caros, imaginávamos que era porque tínhamos ido somente em lugares muito badalados como em Maresias, mas com o passar do tempo percebemos que eram realmente os preços eram mais elevados em comparação a outros lugares de São Paulo que já fomos.

Havia o Boiçucanga Shopping um centro de compras charmosinho e tem algumas lojas, tem um supermercado extra bem pequeno e apertado. O estacionamento tem um preço bem elevado e nas ruas próximas é bem difícil estacionar. Depois de um tempo esperando conseguimos uma vaga em um estabelecimento ao lado dele.

Valeu super a pena, as praias são lindas, algumas com mais e outras com menos estruturas, mas todas muito limpas e preservadas.

E você já conhece essa região? Me conta quais suas praias favoritas!

Grifinória – Café e Afins

Grifinória – Café e Afins

Há algum tempo havia ouvido falar que o Grifinória Café e afins abriu em São Paulo e é claro já procurei saber qual era o endereço e se teria possibilidade de conhecermos no pouco tempo que passaríamos na capital.

O que é?

Um café temático do universo Harry Potter.

Endereço?

Rua Campo Grande 417, Vila Leopoldina

Horário de Atendimento

Horário: Terça a Sábado das 12hs às 19:30. Domingo das 12hs às 17:00.

 

Precisa de Agendamento?

Sim, fiz em outubro para irmos em Dezembro.

Porém na hora que chegamos no Café, havia uma pessoa na minha frente que não tinha reserva e conseguiu ser encaixada para às 15:00 do mesmo dia. Então se quiser arriscar existe essa possibilidade.

Como é a experiência?

O café é um estabelecimento muito pequeno, mas aconchegante todo ambientado no universo Harry Potter.

Desde a entrada você já emerge completamente nos livros e filmes.

Na recepção você fala com um atendente que verifica sua reserva e te conduz para a sua mesa.

O atendente te entrega o cardápio e a sua varinha.

Quando estiver pronto para fazer o pedido, basta levanta-la.

Fomos em pleno natal e o ambiente estava também decorado com as cores e ornamentos da festa.

Além disso, foram incluídos vários elementos de diferentes contextos do Universo Harry Potter, como a plataforma 9 3/4, a cabine do trem, a aranha do segundo filme, Dementadores, o chapéu seletor, o espelho com escrito “A câmara secreta foi aberta”.

Havia também uma capa e uma vassoura que poderíamos vestir e tirar fotos.

A música de fundo era a trilha sonora dos filmes e também escutava-se vários falas de Harry Potter. Que torna a experiência mais interessante e nostálgica.

O atendimento foi bem cordial e rápido.

Por ser um café o cardápio trás opções de Salgados, Brusquetas, Doces e Bolos. Para beber havia opções de Café, Cappucino e Porções (acredito que sejam drinks, inspirados no universo Harry Potter).

Os preços estavam ok, ainda mais para um lugar concorrido e uma ambientação bacana e que realmente trás elementos de Harry Potter.

Pode melhorar

Por ser um local muito concorrido só conseguimos horário para 12:30 da tarde, em pleno horário do almoço. Então acabou que o nosso almoço foi o cardápio do café. Poderiam ter uma cardápio de almoço para esse horário e outro para o fim da tarde.

Além disso, só podemos permanecer uma hora no local devido aos agendamentos de outras pessoas.

A minha opinião

Vale a pena conhecer, é notável que fizeram definitivamente mágica com um lugar tão pequeno.

Contudo, mesmo sendo um ambiente apertado, não atrapalha na experiência que é excelente, a comida também e o atendimento não ficam atrás.

Recomendo principalmente a todos que são fãs da saga. Voltaria com certeza.